Mariners domina Tritões e é campeão inédito do Nordeste

1
66
O Recife Mariners derrotou o Fortaleza Tritões e é campeão inédito da Conferência Nordeste Foto: Igor Cysneiros / Recife Mariners

O Recife Mariners escreveu um capítulo memorável em sua trajetória ao triunfar sobre o Fortaleza Tritões neste domingo (12). Com uma jornada que se iniciou nas areias da Praia de Boa Viagem, em 2006, a equipe de futebol americano mais antiga de Pernambuco conquistou, de maneira inédita, o tão esperado título de campeão da Conferência Nordeste da Liga BFA.

O jogo

O jogo começou com um Fortaleza Tritões avassalador no jogo corrido e um lindo (e liso) touchdown do running back #1 da Seleção Brasileira, Eduardo Maranhão. Sem um chutador confiável, o Tritões ampliou a vantagem com dois pontos, na penetração da endzone pelo quarterback americano Quentin Williams – 8 a 0.

O jogo parecia que iria ser uma avalanche cearense após o fumble, ainda no campo de defesa, sofrido pelo corredor local, Lucas Adolfo. Mas no drive que capitalizaria o turnover pernambucano, o quarterback Quentin Williams, foi interceptado por LackBoy.

Após o início frenético, o jogo foi estabilizado pela defesa azul, que não largou mais as rédeas do jogo. As corridas pelo meio de Maranhão e as offtackle de Justin Dobbs não tiveram mais tanta efetividade.

Protegido por uma excelente linha ofensiva, Álvaro Fadini teve tempo para lançar uma big play e encontrar Jason Shelley no canto do campo. O americano, mesmo marcado por dois, fez o touchdown. O Mariners tentou dois pontos com o passe, mas não converteu – 8 a 6 para os visitantes.

Já no segundo quarto, a tônica do jogo continuou, com a defesa azul firme e o ataque, consistente. Em duas chances corridas na goal line, o Mariners virou o jogo. A primeira, no touchdown, com o running back Vinícius. E nos dois pontos, com Lucas Adolfo – 14 a 6. O running back recifense da Seleção Brasileira fez mais um touchdown antes do intervalo, permanecendo de pé mesmo com os bloqueios à beira da endzone – 21 a 6, com Paulo Motta confirmando o chute. Antes do intervalo, o Mariners conseguiu capitalizar com um field goal de Motta – 24 a 08.

O terceiro quarto começou do mesmo jeito que terminou o segundo, com o Mariners chegando na redzone e aproveitando para pontuar com o field goal de Motta – 27 a 08. Lucas Adolfo, mais uma vez, foi o nome de outro touchdown, com corridas efetivas já redzone para chegar até a endzone. Motta fez o 34 a 08.

O ataque do Tritões voltou para o jogo após big play que posicionou o time na goal line. Quentin correu e fez 34 a 14. Os visitantes tentaram dois pontos com Maranhão, sem sucesso.

No último quarto, o Tritões mostrou uma reação, com Maranhão levando o time até a goal line e Quentin fazendo mais um. Sem os dois pontos no passe do americano, o placar foi a 34 a 20. O Recife Mariners matou a reação dos visitantes com um lindíssimo touchdown de Adolfo, em um footwork digno de um craque – 41 a 20 após o ponto-extra confirmado – assim como a pontuação final da final da Conferência Nordeste.

Lucas Adolfo assombrou, marcou três touchdowns, e foi o MVP da final
Foto: Haim Ferreira

O que vem por aí?

Com o Fortaleza Tritões dignificando uma campanha histórica – primeira final, atingida de forma invicta, o Recife Mariners é o campeão do Nordeste de forma inédita e vai receber, no dia 26 de novembro, o campeão da Conferência Sul – o também “inédito” Itajaí Almirantes.

Na outra semifinal rumo ao Brasil Bowl 2023, o Galo FA receberá o vencedor do wildcard nacional, o Sorriso Hornets.

> Confira tudo sobre a BFA 2023 em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 11 e 12 de novembro
Próximo artigoAgenda FABR – 18 e 19 de novembro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

  1. […] O Fortaleza Tritões, vice-campeão da Conferência Nordeste da Liga Brasileira de Futebol Americano …, está determinado a fortalecer a sua equipe para a próxima temporada, que começa em junho. Com a meta de elevar o seu desempenho tanto nos aspectos técnico quanto tático, o time apresentou um conjunto de reforços para a Comissão Técnica e para os setores ofensivo e defensivo. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here