Com objetivos distintos na última rodada, Pumpkins e Howlers se enfrentam

1
96
Com campanha irregular, Pumpkins ainda busca a classificação - Fotografia: DM Photography

O Porto Alegre Pumpkins recebe o Moon Howlers neste sábado (20) em Guaíba (RS) na última partida das equipes pela fase regular da Conferência Sul da Liga BFA 2022. A equipe gaúcha possui campanha 1-2 e busca a vitória para praticamente assegurar a vaga aos playoffs (somente uma combinação de diversos resultados impediria isso), enquanto o time paranaense tenta sua primeira conquista na despedida do torneio.

De olho nos playoffs, mas também no futuro

O Pumpkins vem de confronto com derrota contra o Timbó Rex, mas o head coach Rodrigo Palaver indica que o resultado era até certo ponto previsto diante da atual situação da equipe. “O jogo contra o T-Rex já era esperado como um confronto de extrema dificuldade […] Por estarmos em meio a uma reformulação geral, o resultado não nos surpreendeu, pois ficou dentro de uma margem esperada. Ficamos honrados de jogar contra uma grande equipe e poder sentir na pele o que é estar na elite do FA brasileiro.”

Para o confronto contra o Moon Howlers e, principalmente, o prosseguimento do projeto, não apenas dentro da BFA, Palaver aponta que é necessária paciência, mas que está confiante nos frutos a serem colhidos. “Os ajustes que estamos fazendo demoram a dar resultados porque temos um projeto a médio-longo prazo, para podermos nos fixar na elite do esporte. Obviamente que, por conta da reformulação, podemos parecer uma equipe fragilizada ou aquém, em relação às outras equipes. Mas sabemos do talento que temos e estamos focados em evoluir. Iremos trabalhar com afinco e tentar tirar ao máximo a experiência desta competição, que possui um alto nível de FA.”

Trabalho a longo prazo

Com três derrotas na competição, o Moon Howlers não tem mais chances de alcançar os playoffs. No entanto, Homero Meyer, gestor da equipe, indica que o revés contra o Itajaí Almirantes na última rodada foi apenas em campo, pois as metas iam além disto. “O objetivo da viagem foi alcançado. Como previsto, era uma oportunidade para fortalecer os laços do time e o clima, apesar da derrota, não teria como ser melhor. […] Na minha longa experiência, testemunhei muitas vezes o potencial transformador de uma viagem e essa não foi diferente. Ninguém voltou derrotado, mas sim consciente e renovado.”

Meyer também pondera sobre o caminho trilhado pela equipe neste ano. “Quando o time voltou em fevereiro, ainda em um ritmo de pandemia, estabelecemos apenas um treino presencial por semana e criamos treinos online, juntos com as lives do time, para ampliar o Football IQ dos atletas. Porém, ao enfrentar times com estradas mais longas e agendas de treino mais intensas, que se encontram 3 ou 4 vezes por semana, ficou claro para nossos atletas a importância desse comprometimento com o esporte. Futebol americano é execução, é intensidade, é força. Essas coisas precisam ser construídas e isso está claro para o elenco, que compreende que isso é um trabalho de longo-prazo e que está sendo feito agora com uma perspectiva bienal, não imediatista.”

A respeito do confronto contra o Pumpkins, Meyer reforça a confiança no desenvolvimento do projeto. “Agora vamos embarcar para POA com a certeza de que o MH vai encerrar sua participação na BFA com um elenco ainda novo, mas muito melhor do que aquele que iniciou a competição, de olho em 2023 e nos próximos desafios.”

Serviço: Porto Alegre Pumpkins x Moon Howlers
Local: Parque do Coelhão, em Guaíba (RS)
Data e Horário: Sábado, 20 de Agosto, às 14:30 horas
Maiores informações na página do Porto Alegre Pumpkins

> Confira tudo sobre a Liga BFA 2022 em nossa página especial

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here