Gonzalo Cataldo: “Queremos saber onde estamos e onde queremos chegar”

0
23

O Chile é considerado como uma das forças potenciais do futebol americano da América do Sul, com atletas focados na preparação para competições internacionais. O problema é que elas não puderam acontecer. Agora, no Sul-americano, é a chance de colocar em prática todo o potencial dos chilenos.

É o que espera o head coach Gonzalo Cataldo. Em entrevista ao Salão Oval, Gonzalo afirmou que “queremos mostrar que o futebol americano é mais do que os EUA, México, a América do Norte, e isso, para nós, tem sido uma aventura!”.

Confira a íntegra da entrevista com o comandante chileno em nosso YouTube:

> Igor Mota: Brasil pode ser o catalisador do crescimento do FA na América do Sul

> Com 20 anos de futebol americano, Heron Azevedo avalia o Sulamericano

> A hipermaratona de Victor Quintas

> Brian Guzman: Sul-americano é uma reativação rumo ao próximo Mundial

1º Sulamericano de Futebol Americano

A primeira e tão aguardada edição do Sulamericano de Futebol Americano Masculino acontece no Distrito Federal nesta semana. O local é o Estádio Chapadinha, em Brazlândia (DF).

Originalmente com jogos na terça (28), quinta (30) e sábado (2), os jogos passaram para quarta (29), sexta (1) e sábado (2):

  • Quarta (29/11) Chile x Colômbia, às 18h
  • Sexta (1/12) Brasil x Colômbia, às 18h
  • Sábado (2/12) Brasil x Chile, às 18h
COMPARTILHAR
Artigo anteriorRenzo Devia: “A ideia é que tenhamos o Sulamericano a cada ano”
Próximo artigoColômbia faz história e derrota Chile na abertura do Sul-Americano
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here