Colômbia faz história e derrota Chile na abertura do Sul-Americano

2
64
Jogador de futebol americano da Colômbia carrega bandeira de seu país
Colômbia faz história e vence a primeira partida do Sul-americano de futebol americano Foto: Chiarini Jr.

Nesta quarta-feira (29) teve início o primeiro Sul-Americano de Futebol Americano, competição que reúne as seleções do Brasil, Chile e Colômbia em Brazlândia (DF) para um triangular. E na partida que marcou o kickoff do torneio, os colombianos levaram a melhor e venceram a equipe chilena por 29 a 00.

O jogo

O jogo foi realizado no Estádio Chapadinha, em Brazlândia. Antes da bola “voar”, as delegações das três seleções desfilaram para o público presente. E quando finalmente foi dado o kickoff, Colômbia e Chile ficaram frente a frente pela primeira vez na história da modalidade.

E logo em sua primeira campanha no Sul-Americano, a Colômbia chegou a redzone e não desperdiçou a oportunidade. Passe do quarterback Joan Carrillo para o wide-receiver  Jonathan Alexander, e com o extrapoint convertido por Alejandro Jimenez, a equipe tricolor abriu 07 a 00 no placar logo nos primeiros minutos de partida.

Enquanto o ataque chileno não conseguia evoluir as jogadas e superar a forte marcação dos adversários, a “defesa roja” conseguiu diminuir o ímpeto colombiano, empolgados com o primeiro touchdown anotado no primeiro quarto.

Mas, antes da partida ir para o intervalo, o ataque colombiano voltou a encontrar espaço na defesa chilena e conseguiu o seu segundo touchdown, desta vez com passe do quarterback Andrés Duque para o wide-receiver Alexander Hernandez, que conseguiu entrar na endzone e ampliar a vantagem. Novamente, o extrapoint foi convertido novamente por Alejandro Jimenez.

No segundo tempo, a Colômbia conseguiu ampliar o seu domínio e controlar melhor o jogo. Foram duas interceptações a favor da equipe colombiana, e o ataque chileno pouco conseguiu produzir durante os dois últimos períodos.

Com o controle total do jogo, a Colômbia ampliou com mais dois touchdowns no último quarto. O terceiro touchdown da seleção tricolor foi anotado em uma corrida curta do Francisco Bedoya e novamente extrapoint convertido por Alejandro Jimenez. O último, que deu números finais ao placar da partida, também foi em uma corrida curta, mas desta vez com Jeysson Saavedra. A equipe foi para a conversão de dois pontos e teve sucesso, com o Andrés Villa, wide-receiver e presidente da Federação Colombiana.

Mais sobre o Sul-Americano

> Igor Mota: Brasil pode ser o catalisador do crescimento do FA na América do Sul

> Com 20 anos de futebol americano, Heron Azevedo avalia o Sulamericano

> A hipermaratona de Victor Quintas

> Brian Guzman: Sul-americano é uma reativação rumo ao próximo Mundial

> Gonzalo Cataldo: “Queremos saber onde estamos e onde queremos chegar”

O que vem por aí?

Com a vitória por 29 a 00 obtida nesta quarta-feira diante dos chilenos, a Colômbia vai encarar o Brasil Onças na próxima sexta-feira às 18h no Estádio Chapadinha, com a possibilidade de conquistar de forma antecipada o título da competição.

A partida marcará o retorno da Seleção Brasileira masculina de futebol americano aos gramados após seis anos do último duelo, contra a Argentina no Estádio do Mineirão em 2017.

Todos os jogos do Sul Americano de FA serão transmitidos no canal oficial da CBFA no YouTube.

Confira abaixo a tabela completa do Sul-Americano de FA:
29 de novembro – Chile 00-29 Colômbia
01 de dezembro – Colômbia vs Brasil
02 de dezembro – Brasil vs Chile
Todos os jogos serão às 18h e com entrada franca

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGonzalo Cataldo: “Queremos saber onde estamos e onde queremos chegar”
Próximo artigoAgenda FABR – 2 e 3 de dezembro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here