Almirantes desbanca Recife Mariners e alcança o Brasil Bowl

0
99
Almirantes passa pelo Mariners em Recife e pega o Galo no Brasil Bowl Foto: Moriá Ficagna Camargo @a.m.a.photos.sports

Para muitos, uma zebra por ser um “quase novato” no cenário nacional. Para outros, nada mais que o esperado diante do elenco reforçado durante a temporada contar com inúmeros jogadores multi campeões noutras equipes. É assim que o Almirantes chega à final da Liga BFA 2023 após derrotar o Recife Mariners neste sábado (25) pelo placar de 25 a 6.

O time sediado em Itajaí se torna o terceiro catarinense a alcançar a final nacional, se juntando a Jaraguá Breakers e Timbó Rex, e agora tentará também se juntar aos dois como campeão brasileiro.

A equipe irá enfrentar o Galo FA, que passou pelo Sorriso Hornets e busca seu terceiro título nacional.

O jogo

No início da partida, em campanha que caminhava bem pelo campo, o time da casa foi surpreendido por fumble forçado pelo norte americano Irvin Riley III e recuperado por Gustavo “Guga” Goedert, que retornou até a endzone para abrir o marcador – 6 a 0 sem o chute convertido.

Após campanhas com poucos sucessos dos ataques, a equipe catarinense não bobeou após muff do time de especialistas do Mariners e recuperou a posse de bola com Fabio Reuter em boa posição de campo, capitalizada em field goal de Duan Cruz no início do segundo período – 9 a 0 no marcador.

Em seguida, outra campanha em que o time pernambucano avançou bem, chegando à redzone adversária, mas que também sofreu com turnover, agora em interceptação de Lucas Carneiro. Alcançando o meio do campo com boas recepções de Ronan Cândido, o Almirantes não conseguiu pontuar na última oportunidade do primeiro tempo.

No início do terceiro período, a conexão entre Luiz Bassani e Ronan Cândido novamente entrou em ação, com ótimos avanços deixando seu ataque na redzone, onde o quarterback literalmente botou a bola embaixo do braço e anotou seu touchdown para deixar o placar em 16 a 0 com o chute extra convertido.

Marcado por grandes atuações de Lucas Adolfo na temporada, o jogo corrido do Mariners estava sendo praticamente anulado pelo Almirantes. E a unidade comandada por Álvaro Fadini conseguiu sua primeira pontuação em campanha que avançou de forma efetiva com passes curtos. Mas, talvez de forma até paradoxal, foi exatamente Adolfo que alcançou a endzone e anotou seu oitavo touchdown no torneio – 16 a 6 sem a conversão de dois pontos.

No entanto, a resposta do Almirantes foi imediata, aumentando o placar após apenas quatro jogadas, em passes para seus quatro receivers – Ronan Cândido, Fábio Reuter, Lucas Pereira e “Will” Santos, com este anotando o touchdown e deixando o placar em 23 a 6 após o chute extra.

Após a defesa forçar novo three and out defesa e seu ataque gastar tempo no relógio com jogadas em campo, o time catarinense devolveu a bola em ótimo punt de Carlos Lessa, deixando Fadini na linha de 3 jardas. E o time catarinense capitalizou a ótima posição de campo após holding forçado pelo defensive line Joserlânio “Xapeleta” Santos na endzone, resultando em safety contra o Mariners e nova pontuação que deixou o marcador em 25 a 6.

E com o placar inalterado nos minutos finais, este foi o histórico placar que decretou a vitória dos, agora mais do que nunca, “novatos mas nem tanto” postulantes ao título da Liga BFA.

> Confira tudo sobre a Liga BFA em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGalo passa por Hornets e encara Almirantes no Brasil Bowl
Próximo artigoCom 20 anos de Futebol Americano, Heron Azevedo é referência do Brasil Onças
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here