Rossetti sobre o Congresso de FA: “Essa é a minha melhor versão”

0
179
A sétima edição do Congresso Brasileiro de Futebol Americano reuniu mais de 60 pessoas de 20 estados diferentes. Foto: Victor Francisco / Salão Oval

O Congresso Brasileiro de Futebol Americano, voltado para head coaches e staff, chegou a sua sétima edição no último final de semana (28 e 29 de janeiro), em evento realizado no Goela Bar, na Vila Madalena, em São Paulo.

Reunindo mais de 60 amantes de futebol americano, vindos das cinco regiões do País, em um total de 20 estados, o evento foi de muito networking, troca de experiências do FABR e palestras específicas sobre técnica e tática do esporte.

“Ele veio para ser algo que fica pra sempre no futebol americano brasileiro. Foi um evento de reencontro e reconexão (após a pandemia). Por isso, foi proposital escolher um bar, para ser menos formal”, afirmou Lucas Rossetti, idealizador do evento que marca, extraoficialmente, o início das atividades das temporadas no FABr.

> Confira mais matérias sobre o Congresso Brasileiro de Futebol Americano

O futuro do Congresso

Em sua sétima edição, o Congresso continua sendo realizado em São Paulo, mas Rossetti afirma que a partir de 2025, ele possa acontecer em outra cidade. Já o seu spin-off, o Congresso de Gestores, não deve acontecer no meio do ano e possivelmente será junto com o de técnicos, em um espaço separado.

Sobre um possível retorno ao FABR como gestor (da BFA) ou head coach (era do Palmeiras Locomotives), Lucas Rossetti afirma que o Congresso é e continuará sendo o seu único ponto de contato com o FABR: “Essa é a minha melhor versão, é o que eu gosto de fazer, com grandes treinadores, bons amigos, e ver pessoas novas criando conexões para os próximos anos. O saldo do Congresso é positivo”

Inscreva-se em nosso YouTube e confira essa outras entrevistas

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFalcões é tri em retorno triunfal do Carioca Bowl
Próximo artigoSuper Bowl LVIII – Kansas City ou Philadelphia? Um deles tem um leve favoritismo
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here