Mariners tem um novo comandante em campo: Álvaro Fadini

0
114
O quarterback Álvaro Fadini vestirá uma nova camisa azul - a do Recife Mariners Foto: Washington Alves

O Recife Mariners, que comumente aposta em americanos de alto nível na posição de quarterback, aposta agora em um brasileiro para a temporada 2023 da BFA: o MVP e campeão brasileiro de 2017, Álvaro Fadini.

“Álvaro é um dos principais quarterbacks brasileiros da história do FABR. Isso é inegável. Além do que ele traz pro jogo de forma prática, como um grande atleta, ele também tem uma capacidade de liderança que nos chama muita atenção. Ele tem todas as qualidades que você procura em um quarterback e sem barreira linguística”, ressaltou o head coach do time azul da capital pernambucana, Lucas David.

A trajetória de um campeão

Iniciando no esporte como receiver pelo Vila Velha Tritões em 2011, iniciou sua transição para o comando de ataque em 2014, quando já participou de camp regional da seleção brasileira. Após o título de MVP da temporada regular do Torneio Touchdown 2015, foi contratado pela equipe do GET Eagles, que futuramente se tornou Sada Cruzeiro e, atualmente, Galo FA.

Nesta passagem pelo projeto de Belo Horizonte, conquistou os títulos da Copa América 2016, da Liga Nacional 2016 (MVP da final), da Liga BFA 2017 – pelo Sada Cruzeiro (All Pro Salão Oval e MVP da final) e da Liga BFA 2018 – pelo Galo FA, mesmo elenco do Sada (All Pro Salão Oval). Ainda em 2017, foi convocado para a última partida amistosa realizada pelo Brasil Onças, contra a Argentina.

Em 2022, Fadini retornou aos gramados brasileiros (e mineiros) para auxiliar na construção do novo projeto do Cruzeiro FA, que acabou sem grandes resultados no Brasileirão da CBFA, com apenas uma vitória em quatro jogos da temporada regular.

Em busca de mais consistência

Vice-campeão da Conferência Nordeste, novamente tendo perdido a final para o Espectros, o time busca ainda mais consistência em 2023. Por isso, os treinos do Mariners acontecem desde fevereiro.

“Acho que o principal ponto de melhora foi a consistência. Tanto dentro quanto fora do campo e é isso que estamos buscando desde o começo dos treinos em fevereiro. O time de desenvolvimento, que acabou de disputar a Copa Nordeste, é uma fonte perene de talentos para o time principal. Alguns nomes da Copa Nordeste também poderão ser vistos jogando a BFA desse ano”, explicou o head coach.

> Saiba tudo sobre o Recife Mariners

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEspectros anuncia reforço do Weilers para linha ofensiva
Próximo artigoAgenda FABR – 11 de junho
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here