Coritiba Crocodiles vs Foz do Iguaçu Black Sharks

    0
    354
    x

    Detalhes

    Data Tempo Liga Temporada
    23/04/2016 14:00 Campeonato Paranaense 2016

    Rever

    Portal Punt (por Eduardo Souza)

    Matéria Original: punt.com.br/2016/04/23/croco-garante-folga

    A promessa para este sábado (23/04) era de um jogo muito equilibrado entre Coritiba Crocodiles e Foz do Iguaçu Black Shark, já que a partida valia o primeiro lugar na divisão Iguaçu e, consequentemente, uma folga na segunda fase do campeonato paranaense de futebol americano.  No entanto, o que se presenciou no Complexo Brown Spiders, no Tarumã, foi mais uma vitória sem sustos do atual campeão. Com mais uma partida marcada pelo bom desempenho da defesa, o Crocodiles não deu chance para os visitantes e seguem invictos no campeonato em busca do octa.

    Logo na primeira posse de bola ofensiva dos visitantes, a defesa do Crocodiles conseguiu a sua primeira interceptação na partida, com o camisa 39, Jhone Ricardo Batista. Com a posse de bola na linha de 19 jardas, não demorou muito para os mandantes abrirem o placar com um touchdown anotado pelo #45, Ericson Fernando Correa. Com a conversão do extra point , os curitibanos saíram na frente, 7×0.

    O Sharks não teve nem tempo de se recuperar da primeira pontuação da partida. Após um snap mal realizado pelos visitantes, restou ao camisa 94 do Croco, Guilherme de Almeida Bida, pegar a bola e correr para a endzone . Ainda no primeiro quarto da partida os mandantes fizeram outrotouchdown defensivo, dessa vez com o #51, Fernando Alves, após mais um erro do ataque do time de Foz do Iguaçu. Com as conversões do extra point, o placar já era de 21×0.

    Como se a diferença de 21 pontos no placar já não fosse problema suficiente, os visitantes ainda sofreram com as lesões. No final do primeiro quarto o wide receiver, Marcos Heugenio Vasconcelos, destaque dos Sharks na competição, sentiu uma pancada no tornozelo e teve que deixar partida.

    O segundo quarto seguiu com o domínio curitibano, mas desta vez quem pontuou foi o ataque. Com campanhas ofensivas bem orquestradas pelo quarterback numero 12, Pablo Willy Brundo Streb, o Crocodiles conseguiu anotar outros dois touchdowns, ambos com o 85, Rodrigo Cristiano Colete, e com a conversão do extra point . Fazendo com que os mandantes fossem para o vestiário com uma vantagem de 35×0.

    Os torcedores presentes no Complexo Brown Spiders ainda se ajeitavam em suas cadeiras quando o Croco fez mais um touchdown , logo no retorno do intervalo. Com o camisa 23, Bruno Santucci, os mandantes não deixaram o Sharks nem esboçar uma reação e, com a conversão do extra point , aumentaram a vantagem para 42×0.

    Ainda no terceiro quarto o Croco anotou mais um touchdown e junto com a conversão do extra pointselou a pontuação em 49×0. Com a mercy rule em ação durante o último quarto, restou aos mandantes deixar o relógio correr e apenas administrar o placar.

    Segundo o defensive line do Sharks, Diego Schiavon, a equipe estava preparada para um jogo difícil. “A gente sabia que não ia ser uma partida fácil. Acabamos errando muito no começo da partida e depois não teve como recuperar”. Schiavon também destacou a perda do jogador Gasinho durante a partida. “É um jogador fundamental na nossa equipe e que sem duvida faz falta quando não esta em campo. Felizmente a lesão dele não foi nada muito grave e ele já vai poder estar conosco [em campo] na primeira partida do wild card“.

    Para o wide receiver do Croco, Adan Rodrigues, a partida contra os Sharks foi a melhor do sistema ofensivo dentro do campeonato. Rodrigues também ressaltou a consistência do setor defensivo. “Nossa defesa vem treinando muito forte e se impondo a cada partida, e isso aconteceu hoje mais uma vez. Agora é aproveitar essa folga que a gente conseguiu para consertar os erros e seguir em busca do título”, concluiu o wide receiver.

    Com a vitória, o Crocodiles garantiu a tão desejada folga na primeira rodada dos playoffs e só voltam a campo agora no dia 21 de maio, pela semifinal do campeonato paranaense.

    Já o Sharks, após a derrota, ainda tem mais um compromisso antes de garantir a presença nas semifinais. Ao que tudo indica, a equipe de Foz do Iguaçu irá receber o Londrina Bristlebacks no dia 8 de maio. Adversário este que ainda não está 100% confirmado, já que a equipe do Norte Paraná deve recorrer do resultado da última partida entre as equipes.

    Coritiba Crocodiles

    Posição 2PT FR TDT TDP IS TDC TDR FG XP IR FP
     00000000000

    Foz Black Sharks

    Posição 2PT FR TDT TDP IS TDC TDR FG XP IR FP
     00000000000

    Campo

    Croco Stadium - Curitiba/PR
    R. Suécia, 1045 - Tarumã, Curitiba - PR, 82800-060, Brasil