Red Bulls x Cavalaria: Nasce um clássico na Bahia?

1
49
Red Bulls e Cavalaria estão de olho na vitória para continuar com chances de avançar aos playoffs da BFA 2022 Foto: Junior Gabiru

Pela primeira vez, haverá um jogo entre duas equipes baianas em um campeonato nacional de futebol americano. O Santana Red Bulls, time de futebol americano de Feira de Santana, receberá o Cavalaria 2 de Julho, de Salvador, no Estádio Joia da Princesa neste sábado (06), às 14h.

Oportunidade de promover o esporte

Para Danilo Miranda, Diretor Executivo do Red Bulls, a partida será uma boa oportunidade para conhecer o futebol americano, um esporte que vem crescendo muito no Brasil: “Estamos trabalhando para fazer um evento bacana para todos os públicos. Vamos contar com narração para o estádio, que ensina sobre o jogo na medida em que a partida vai acontecendo, para que mesmo quem não conheça o futebol americano possa apreciar esse esporte fantástico”.

Essa não é a primeira vez em que o Santana Red Bulls joga no Joia da Princesa. Tanto em 2018 quanto em 2019, ano em que sagrou-se campeã, a equipe mandou as finais da Copa Nordeste de Futebol Americano no estádio, que recebeu um público de mais de 1200 pessoas em ambas as oportunidades. Por isso, a expectativa para a partida de sábado é boa.

“Queremos trazer o público para perto da gente novamente. Sabemos que a pandemia foi difícil para todos e, para nós, não foi diferente. Por isso, contamos com o apoio da nossa torcida para fazer um belo espetáculo no Joia da Princesa”, pontuou Miranda.

No Grupo C da Conferência Nordeste, o Red Bulls terá que ser perfeito para tentar buscar a vaga nos playoffs, já que há somente uma no grupo. Nas três partidas restantes, a equipe terá que vencer. “Durante nossa preparação, sempre visamos chegar aos playoffs e agora isso não é diferente, mas temos que pensar em uma batalha de cada vez. A derrota contra o Redentores foi um baque grande em nosso planejamento, e sabemos que a tarefa de sábado é dificil, mas temos total confiança de que podemos sair de campo com a vitória para continuar sonhando com a vaga no wild card“, explicou o diretor de comunicação e atleta do time, Rafael Cerqueira.

Visitante, mas em casa

Sempre único time baiano na BFA, o Cavalaria sempre tinha viagens interestaduais longas para realizar. Agora, com o nascimento do clássico baiano, o time comemora jogar fora de casa, mas nem tão distante da capital baiana. “O Cavalaria 2 de Julho tradicionalmente é um dos times que mais viaja no Brasil. Quase sempre temos viagens extremamente longas e cansativas quando vamos jogar ‘fora de casa’. Não ter o mando de campo e ainda sim poder jogar em terras baianas com uma viagem de menos de 2h é sem dúvida um alívio para a gente”, analisou o head coach Rui Barros.

Com duas derrotas no campeonato, o Cavalaria terá que ganhar os dois jogos restantes e torcer por combinações de resultados que favoreçam o time a ficar com as duas vagas nos playoffs destinadas ao Grupo B da Conferência Nordeste: “Infelizmente estamos vindo de uma segunda derrota no campeonato, mas seguimos com muita vontade de provar nossa qualidade em campo. Temos muito o que mostrar ainda. O Santana Red Bulls é um time que vem evoluindo nos últimos anos e com certeza vamos jogar nesse sábado com muita vontade e intensidade para trazermos a vitória”, concluiu Barros.

Com assessoria Red Bulls

> Confira tudo sobre a Liga BFA 2022

Serviço: Santana Red Bulls x Cavalaria 2 de julho

Local: Estádio Joia da Princesa – Feira de Santana
Data e Horário: Sábado, 06 de agosto às 14h
Ingressos: Sympla.com.br e na Bilheteria do Joia da Princesa a partir das 13h do sábado
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm situações opostas, Remo Lions e Manaus FA se enfrentam no Pará
Próximo artigoDuelo gaúcho entre Bulldogs e Bulls promete equilíbrio
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here