Eneacampeão: Crocodiles bate Brown Spiders no Paraná Bowl XII

0
98
Com o nono estadual em sua prateleira e mais dois brasileiros, o Crocodiles é o maior detentor de títulos do futebol americano nacional Crédito: Lara Farias

O Coritiba Crocodiles não deu mole para o azar e venceu de forma irretocável o rival Brown Spiders neste domingo (31) no Centro Esportivo Fanático, em Campo Largo. Mais de mil pessoas estiveram presentes no Paraná Bowl e outras tantas puderam acompanhar a transmissão ao vivo, que este ano contou com sete câmeras e replays.

Foi o nono título do Coritiba Crocodiles em 12 edições do estadual. Outras três edições foram vencidas pelo Paraná HP.

O jogo

O jogo começou mais tenso, com ambas as equipes buscando mais o jogo corrido. O Croco conseguiu um field goal do kicker Leonardo Balka após duas corridas eletrizantes do excelente veterano Bruno Santucci. Nem novo ataque do Croco, interceptação do Brown Spiders, com Valdir Martins ficando com o lançamento do quarterback americano Talon Roggasch.

No entanto, a pressão da defesa do Crocodiles consertou o erro do ataque, com um safety em cima do quarterback Dandan – 5 a 0 Coritiba.

Conforme o tempo passava, o Croco parecia dominar cada vez mais o jogo. Faltando menos de 40 segundos para o fim do primeiro quarto, a equipe marcou mais uma vez, no passe de Talon para o wide-receiver Bernardo Horevitch (ex-Brown Spiders). Com o chute confirmado, 12 a 0 Croco.

O segundo quarto começou com Bruno Santucci sendo importante para levar o time até a goal line mais uma vez. Chegou lá, Talon passou para Athos Daniel receber na endzone. Novo chute certo e 19 a 0 para o Croco.

Na volta do intervalo, mais um safety para o Crocodiles, em ação matadora de Delmer Zoschke – 21 a 0. O touchdown de honra do Brown Spiders veio no último quarto, com grande estilo. Gabbardo aproveitou a bobeira na entrega da bola de Talon para o running back e levou até a endzone verde. Ponto-extra confirmado e essa ficou sendo a única (e bela) pontuação do Brown Spiders na final.

Logo em seguida, a resposta com um lindo touchdown do Croco: passe de Talon para Bernardo Horevitch, que quebrou dois tackles e avançou mais de 60 jardas para ampliar. Ponto-extra confirmado e 28 a 6 no placar.

A derradeira marcação foi assinalada pelo wide-receiver Mikoski, que pegou um tiro forte de Talon no meio da endzone. Com o placar final de 35 a 7, o Crocodiles derrotou o rival pela décima quinta vez em dezesseis partidas pelo paranaense.

Os melhores

O nono título estadual do Crocodiles teve como destaque o wide-receiver Bernardo Horevich, que anotou dois touchdowns, e foi eleito MVP da partida. O linebacker Jefferson Martins foi eleito MVP de defesa e o kicker Leonardo Balka, MVP de special teams.

Com Leonardo Siqueira

> Confira nossa página especial do Campeonato Paranaense

COMPARTILHAR
Artigo anteriorJonatha deslancha a marcar e Espectros derrota Caçadores
Próximo artigoGalo vence fim de semana de clássicos pela CBFA e BFA
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here