IFAF e NFL somam forças para tornar Flag Football olímpico

2
113
A Seleção Brasileira Feminina de Flag Football está no World Games 2022. IFAF e NFL querem tornar o esporte olímpico em 2028 Foto: Flag Football Brasil / Graziela Gonzaga

Pierre Trochet, presidente da Federação Internacional de Futebol Americano (IFAF) e Troy Vincent, vice-presidente executivo de operações de futebol da National Football League (NFL) foram apontados hoje como co-presidentes do recém-formado Grupo “Vision28”. O grupo irá liderar esforços do flag football para a inclusão do mesmo nos Jogos Olímpicos de Los Angeles 2028.

O anúncio foi feito durante o World Games 2022 em Birmingham, Alabama, onde o flag football está fazendo uma primeira aparição marcante em um grande evento polidesportivo global. A NFL está apresentando o flag football no World Games, onde oito equipes femininas (incluindo o Brasil) e oito masculinas estão representando dez países de três continentes.

Como co-presidentes do grupo “Vision28”, Trochet e Vincent estarão à frente dos esforços para aproveitar o sucesso do flag no World Games, visando a inclusão como um esporte adicional nos Jogos Olímpicos LA28. A dupla nomeação ressalta a verdadeira parceria entre a IFAF e a NFL – e a força do compromisso de ambas as organizações em entregar o sonho olímpico da bandeira.

O grupo “Vision28” reunirá os principais executivos e embaixadores da IFAF, da NFL e da comunidade de futebol americano em geral, com a missão de mostrar tudo o que o flag football pode oferecer à LA28 e ao movimento olímpico, no longo prazo.

“O flag é um dos esportes que mais cresce no mundo por um motivo. É rápido, é criativo, é habilidoso, é divertido. É o esporte americano com espírito californiano. O flag será um marco para LA28, incorporando a visão dos Jogos da nova era no eixo de esportes e entretenimento. Vimos um pouco de todo esse potencial aqui no World Games”, resumiu Trochet, presidente da IFAF

Troy Vincent, vice-presidente executivo de operações de futebol da NFL, disse: “Vemos o flag football como um esporte com tudo incluído, o que o torna um ótimo veículo para difundir os valores do futebol americano em todo o mundo. Como copresidente da missão “Vision28”, a NFL está comprometida em colocar ativos críticos, como tecnologia, transmissão, comercial, ciência do esporte, engajamento de jovens, engajamento de fãs a serviço do movimento olímpico”.

IFAF comprometida com o desenvolvido do flag e tackle

Perguntado pelo Salão Oval se o foco da IFAF agora passa a ser o Flag, o presidente Trochet afirmou que a entidada está comprometida com os dois da mesma forma: “Estamos comprometidos com o flag e a modalidade tackle da mesma maneira. Teremos o mundial feminino de tackle logo após o World Games, agora em julho (28 de julho a 8 de agosto, na Finlândia) e o mundial masculino no próximo ano”, explicou.

Sobre quando saberemos exatamente se o Flag Football será olímpico, Trochet afirmou que ainda não é possível saber, mas que os esforços serão feitos para que a ação tenha sucesso.

A iniciativa “Vision28” foi anunciada por videoconferência direto de Birmingham, Alabama, palco do World Games
COMPARTILHAR
Artigo anteriorBrasil enfrenta EUA nas quartas-de-final do World Games
Próximo artigoSeleção Feminina de Flag Football fica em sétimo no World Games
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here