Hornets e Arsenal reacendem rivalidade matogrossense pela BFA

1
132
No último encontro entre Arsenal e Hornets, na final do Matogrossense de 2019, deu Arsenal Foto: Junior Martins

O Cuiabá Arsenal é um dos pilares do futebol americano nacional e pioneiro no Mato Grosso. Das experiências do time bicampeão nacional (2010 e 2012), o esporte se espalhou pelo gigantesco estado e novas equipes surgiram. Se no começo, o domínio do Arsenal foi grande, o jogo virou nos últimos anos e a equipe da capital encontrou no Sorriso Hornets seu grande rival local.

Se no primeiro encontro das equipes, em 2016, o Arsenal venceu por larga margem, os cinco confrontos seguintes foram vencidos pelo Hornets. O Arsenal só voltou a triunfar novamente em 2019, na acirrada final do Campeonato Matogrossense. Por conta de tal histórico, a partida deste sábado em Sorriso será o recomeço de uma já sólida rivalidade.

Ídolo do Arsenal como quarterback

Para apimentar ainda mais a rivalidade, o Sorriso Hornets vem com um reforço bastante peculiar: o quarterback americano Tom Kudyba, campeão pelo Arsenal em 2010, está na equipe. Além dele, mais dois americanos: Aarion Ivy, que deve ser explorado no ataque e na defesa, e o linebacker Cornelius Bailey. Há ainda mais um jogador estrangeiro, Doudou, senegalês, que fez boas atuações como linebacker no vice-campeonato gaúcho do Porto Alegre Pumpkins neste ano.

Entre mais de uma dezena de brasileiros recrutados país afora, o Hornets trouxe um com experiência internacional: Leonardo Silveira. Com passagem pelo Arsenal sendo campeão, o jogador Leonardo foi para o college (EUA) ficando por dois anos, jogando no Northwestern College, chegando duas vezes aos playoffs. Além disso, também têm três anos de high school na Nebraska Lutheran High school.

Com tantos reforços, o Hornets torna-se seríssimo candidato ao título da Conferência Centro-Oeste, que só tem outros dois postulantes: o rival Arsenal e o candango Tubarões do Cerrado. “O objetivo do time é vencer. Temos um projeto de longo prazo e queremos consolidar nossa equipe na elite nacional”, afirmou o presidente da equipe, Ângelo Santos.

Um time em reconstrução, com reforços mexicanos

O Cuiabá Arsenal leva a sua tradição no esporte como principal arma contra o rival, fora de casa. Com o veterano head coach Dennis Prants e o linebacker Igor Mota, eleito em 2015 no Mundial de Ohio como um dos melhores jogadores do mundo, como pilares da equipe, o Arsenal quer começar com o pé direito seu caminho de volta ao Olimpo do FABR.

“Ficamos por duas temporadas longe de uma competição oficial e o longo período sem treino também gerou uma dificuldade de entrosamento entre os atletas. Tudo isso deve fazer com que tenhamos um jogo difícil, tanto para nós quanto para eles. Será um jogo mais estudado dentro de campo do que fora, onde estaremos prontos para reagir às surpresas que vierem”, explicou Mota.

Segundo o head coach Dennis Prants, o Cuiabá Arsenal está em reconstrução e em um processo de longo prazo: “Aqui me lembra o Breakers de 2011. Reconstrução. Muitos calouros, muitos reaprendendo, é um processo longo. A preparação (para a temporada) foi baseada em fundamentos de base, organização e educação de cada um. Tentando fazerem absorver a mentalidade de atleta. De rendimento”, explicou.

Com um time praticamente com a metade de novatos, o Arsenal se reforçou com três atletas mexicanos, em posições-chave: um quarterback, um linha ofensiva e um linebacker.

O caminho para a final, pelo Centro-Oeste

Para tentar novamente ser campeão brasileiro, o Arsenal ou o Hornets teriam um difícil caminho a percorrer na Conferência Centro-Oeste, como já dito, composta por três times (os citados e o Tubarões do Cerrado).

As duas com as melhores campanhas avançam direto para a grande decisão regional, com o líder tendo a prioridade do mando de campo. O campeão da Conferência Centro-Oeste fará uma partida de wild card contra o campeão da Conferência Norte, no Centro-Oeste. O vencedor deste duelo receberá em casa o campeão da Conferência Sul nas semifinais nacionais (a outra semifinal será entre Nordeste x Sudeste).

> Confira tudo sobre a BFA 2022

Serviço: Sorriso Hornets x Cuiabá Arsenal
Local: Estádio Municipal Egídio José Preima (Sorriso)
Data e Horário: Sábado, 09 de Julho, às 18h (horário local, 19h, horário de Brasília)
Ingressos: R$ 10,00 – saiba mais no site do Hornets

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEmbalado pela estreia, Bulls tenta surpreender o hegemônico Soldiers
Próximo artigoTradição não pesará e Bulls vê jogo parelho contra Apaches
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here