Leões vence de virada e fatura o tri da Taça Cairo Santos

1
99
O experiente Augusto Oliveira "The Bus" levantado pela terceira vez seguida a Taça Cairo Santos. Foto: Rickson Tupy

No último sábado (25), Gama Leões de Judá e Tubarões do Cerrado foram até a região administrativa de Ceilândia para disputar a sétima final da Taça Cairo Santos, evento  também chamado de Cerrado Bowl.

Buscando seu quarto título, os leões começaram atrás do placar, mas após três viradas, terminaram com a vitória por 16 a 13 e levantaram a taça do Campeonato Candango pela terceira vez seguida, desta vez de forma invicta.

O jogo

Os tubarões abriram o marcador no primeiro quarto, com um incrível touchdown de Gabriel Ladeira, o “Cavalo”. Após passe curto do jovem quarterback Caio Leal, Cavalo recebeu a bola livre, encarou a defesa desestabilizada por bons bloqueios e com cortes precisos percorreu 64 jardas até a endzone. Victor Fialho teve seu chute encurtado depois de um bloqueio. 6 a 0.

Mesmo sendo interceptado durante o primeiro quarto, o quarterback americano Dimitri Vigil não se intimidou e soltou o braço antes do intervalo, efetuando diversas big plays, inclusive em dobradinha com outro americano Ronelle Stephens Jr. A 17 jardas da endzone, Dimitri saiu do pocket encontrou Kaleb Portela no fundo da enzone para empatar o jogo. Vinicius Galo Cego acertou o chute, na primeira virada da partida. 7 a 6 Leões.

Na volta do intervalo, o marcador dos leões ganhou mais dois pontos após erro de snap dos tubarões. 9 a 6. Porém, o time do Gama também cometeu um erro grave, com uma confusão entre o quarterback e o running back durante o handoff, soltando a bola. Rafael Isaac aproveitou o descuido, recuperou o fumble e partiu rumo ao touchdown. 13 a 9 com conversão de Fialho.

O TDC segurou o quanto pode, mas no último quarto a conexão americana entre Dimitri e Ronelle brilhou novamente, com o recebedor ultrapassando seus marcadores e recebendo um longo passe para o touchdown derradeiro de mais de 80 jardas. Vinicius deu números finais. 16 a 13 e mais um título estadual na mão dos leões.

Campeões do Cerrado

Com os dois títulos conquistados durante a pandemia (2020 e 2021), além de seu título de estreia em 2015, o Leões se tornou o maior campeão brasiliense, com quatro títulos, seguido pelo seu rival Tubarões, que venceu em 2016 e 2019 e pelo Brasília V8, que venceu a primeira edição em 2014.

Nacionais

Após o confronto, Gama e Tubarões seguirão caminhos distintos durante o segundo semestre. Enquanto o Leões disputando a primeira divisão do Brasileirão da CBFA, jogando no Grupo 1, o Tubarões ficarão na chave centro-oeste na quarta temporada da BFA. O TDC, estreia já no dia 09 de julho, em seu primeiro jogo inter-conferência, contra o Galo FA. Já o Gama entra em campo só no dia 30, contra seu outro rival, Goiânia Rednecks.

> Confira como foi a Taça Cairo Santos 2022 em nossa página especial

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here