Dragons vence Rhynos e derruba série invicta “tricampeã”

2
191
Vitória do Dragons coloca equipe de Ribeirão Preto como forte pretendente ao título da SPFL 2022 Foto: Grasiela Gonzaga

E a dinastia caiu. Com um nome diferente, mas com o mesmo elenco da tricampeã Lusa Lions (2016-18 e o time não participou da edição 2019), os jogadores que hoje formam o time do Guarulhos Rhynos foram derrotados pela primeira vez em uma partida da SPFL. E o responsável foi o Moura Lacerda Dragons, que também mudou de nome para este ano (ex-Ribeirão Preto Challengers).

A vitória do Challengers não só colocou o time nos playoffs, mas direto nas semifinais, já que o máximo que pode ocorrer com a rodada final é o empate na campanha em 4-1 com o Rhynos. No desempate em confronto direto, o time do interior leva a melhor.

O jogo

Uma das partidas mais importantes da fase regular da Série Diamante da São Paulo Football League aconteceu no último domingo (12): Guarulhos Rhynos e Moura Lacerda Dragons tinham muito em jogo e o placar de 23 a 22 já mostrou o quanto foi tenso e decidido nos detalhes. Mas dessa vez quem conseguiu se manter invicto e garantir sua vaga na semifinal foi o time de Ribeirão Preto.

A primeira campanha foi do ataque da equipe de Ribeirão Preto, já acabando em pontuação. Não conseguiram o suficiente para o touchdown, mas o kicker Luiz Blanger entrou em ação e abriu o placar em 3 a 0 para o Dragons com um field goal.

Em seguida, o ataque do Rhynos entrou em campo e teve duas chances de atacar, mas o quarterback Catullo Goes acabou sendo interceptado e o Dragons voltou para o comando da bola.

As defesas estavam dando um show de atuação, ambas não cederam aos ataques adversários, o primeiro quarto foi marcado por three-and-outs, sacks e punts, sem pontuações.

No segundo quarto, o Rhynos saiu do zero no placar: com passe do quarterback Catullo Goes para o wide-receiver Luiz Domingues e chute do kicker João Paulo Lustosa, o Rhynos fez seus primeiros sete pontos.

Quando o ataque do Dragons voltou a campo, a equipe estava decidida a virar o placar e foi o que aconteceu rapidamente. Após uma big play que deixou o time na boca da endzone, o quarterback Matheus Tremeschin passou para o wide-receiver Lysandro de Oliveira e fez mais seis pontos. O chute não foi bom, mas a equipe conseguiu somar nove pontos e ultrapassar o Rhynos no placar.

No final do primeiro tempo, o linebacker Paulo Cesar Veschi interceptou o mais um passe do Rhynos e as equipes foram para o intervalo com o placar de 9 a 7.

A partida recomeçou e o ataque do Dragons estava em campo, não conseguiu produzir o suficiente e precisaram chutar a bola de volta, porém, um bad snap deixou o Rhynos na linha de 6 jardas do seu campo de ataque e não demorou para que a equipe conseguisse virar o placar. Com corrida do running back Edimarcos “Kinho” e chute do kicker João Paulo Lustosa a equipe de Guarulhos reassumiu a liderança no placar por 14 a 9.

O último quarto foi o mais difícil para ambas as equipes. Logo no inicio, o running back Marvin Elorriaga conseguiu correr 70 jardas, praticamente cruzando todo campo e deixando o Dragons em uma posição muito favorável, porém, a equipe não conseguiu pontuar. Após tentar uma quarta descida e não conseguir a conversão, o ataque do Rhynos voltou ao campo.

Novamente com corrida do running back Edimarcos “Kinho” o Rhynos pontuou, e dessa vez a equipe não foi para o chute e sim para a conversão de dois pontos com passe para o wide-receiver Paulo César, aumentando a o placar para 22 a 09.

Parecia que a vitória do Rhynos era certa. Porém, faltando dois minutos para o final do jogo, o Dragons reagiu: com passe para o wide-receiver Lysandro de Oliveira a equipe começou a diminuir a vantagem no placar. O chute do kicker Luiz Blanger foi bom e o Dragons tinha 16 pontos contra 22 do Rhynos naquele momento.

A próxima posse de bola seria do Rhynos, porém, a equipe de Ribeirão Preto tenta o onside kick e recupera a bola. Por fim, em passe para o tight-end Renê Figueiredo e chute do kicker Luiz Blanger o Dragons conseguiu virar o placar: 23 a 22.

O Rhynos ainda teve mais uma chance com um minuto e vinte segundos no relógio, mas não conseguiu virar a partida.

Com assessoria SPFL

O que vem por aí?

O Dragons, líder do Grupo B e já classificado para a semifinal, vai aguardar os jogos dos wildcards para conhecer o seu adversário. Wildcard que é o destino que o Rhynos quer. Para isso, não pode perder para o Jets no seu último compromisso. Uma derrota para o time de São José somada a uma vitória do Steamrollers contra o Indians levaria a um empate triplo de Rhynos, Jets e Steamrollers em 3-2 e o desempate na calculadora por pontos ou até mesmo sorteio.

O atual campeão, o Rio Preto Weilers, encerrou a fase regular com cinco vitórias e também está nas semifinais, aguardando também a definição do wildcard.

> Confira sobre regulamento e tabelas da SPFL em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorOcelots derrota Lizards e avança para os playoffs da SPFL
Próximo artigoRetomando projetos, Moon Howlers e JEC Gladiators estreiam na BFA
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

  1. […] O jogo tinha um ar de revanche, afinal de contas, o Dragons conseguiu dar fim a uma invencibilidade histórica do Rhynos na SPFL: o time de Guarulhos, que nas edições anteriores jogou a competição como Portuguesa FA, jamais havia sido derrotado na liga estadual. Até o duelo entre os dois times na fase regular, no qual o time de Ribeirão Preto venceu o jogo no…. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here