Com final emocionante, Jets bate Indians por apenas um ponto

1
40
Jets e Indians fizeram uma das partidas mais emocionantes da SPFL 2022 Foto: @alemaofx

Neste domingo (01), a São Paulo Football League teve sua sétima semana em Caraguatatuba, e um dos jogos foi entre São José Jets e Guarani Indians, na qual o Jets levou a melhor ao vencer por 20 a 19, em uma partida emocionante pela série Diamante (Elite) do campeonato paulista de futebol americano.

De um lado do campo, o Jets tinha a oportunidade de começar a temporada com duas vitórias, um passo importante para se manter na luta por uma vaga aos playoffs. Já o Guarani Indians vinha duas derrotas, e precisava vencer para sair de uma posição incomoda no grupo.

O jogo

A partida iniciou com a primeira posse de bola para o Jets, e o ataque se manteve firme e jogadas com muita consistência do início ao fim. A campanha não podia acabar de outra forma: o quarterback Álvaro Guilhermino correu para o touchdown e o kicker David Sales (1) faz o extrapoint.

O ataque do Guarani Indians entrou em campo, mas nos primeiros snaps o quarterback Elias Gobbi acabou soltando a bola e Thiago Alexandre, linha de defesa do Jets, recuperou a posse para sua equipe. Não demorou para que o time de São José marcar mais um touchdown, com passe do quarterback Álvaro para o running back Fábio Ribeiro. Dessa vez o chute não foi bom, deixando o placar em 13 a 0.

O Indians teve a posse de bola mais uma vez, mas sem o avanço necessário, foram para o punt. Porém, o jogador de retorno do São José Jets acabou tocando na bola e não conseguiu agarrá-la, o que fez com a posse fosse recuperada pelo ataque do time de Campinas.

O Guarani Indians não desperdiçou a oportunidade de ter a posse mais uma vez, e finalmente anotou o seu primeiro touchdown da partida, com passe do quarterback Elias Gobbi para o wide-receiver Gustavo Sampaio (18). O chute do kicker Dennys Bravo foi bom e a diferença caiu para 13 a 07, a favor dos Jets.

O São José Jets reagiu ao erro na campanha anterior com mais um touchdown: passe de Álvaro para o wide-receiver Caio Guilhermino (13) e mais um chute bom, o placar foi para 20 a 7.

Antes da partida ir para o intervalo, o ataque do Indians teve mais uma oportunidade de se aproximar do Jets no placar. Depois de bons avanços, o quarterback Elias Gobbi decidiu com as próprias pernas e correu para a endzone. Apesar do touchdown, o extrapoint não foi convertido e o placar ficou em 20 a 13.

No segundo tempo, os ataques trabalharam bem, mas as defesas se sobressaiam, não deixando que nenhuma das duas equipes pudesse avançar. Foram diversas tentativas até que nos dois minutos finais do último quarto, o Indians teve a posse de bola que seria decisiva para o jogo.

Com dez segundos restantes no relógio, o quarterback Elias Gobbi passou para o receiver Rodrigo “Prince”. O touchdown é feito, o placar então foi para 20 a 19, e a conversão do extra point levaria o jogo para a prorrogação, enquanto uma conversão de dois pontos daria a vitória.

A primeira tentativa foi de chutar a bola, porém o chute não foi bom. A sorte é que houve uma falta em campo, e assim o Indians ganhou uma nova tentativa. Desta vez, o Guarani arriscou a conversão de dois pontos, mas novamente não teve êxito, encerrando o jogo com mais uma derrota nesta edição da SPFL.

> Confira classificação, tabela e muito mais sobre a SPFL 2022

Com assessoria SFPL

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAgenda FABR – 30 de abril e 1º de maio
Próximo artigoCorsários vence pela 1ª vez desde 2018
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here