No piloto-automático, Jets derrotam Tempestade Azul em Leme

0
92
O Jets, de São José dos Campos, não deram chances para o Storm, que já tem duas derrotas na SPFL 2022 Foto: SPFL / Divulgação

O Clube Empyreo, em Leme, foi casa de duas das quatro partidas da terceira semana da SPFL – São Paulo Football League. Às dez da manhã do domingo (27), o São José Jets entrou em campo para seu primeiro jogo de 2022, contra o São Paulo Storm, também conhecido como Tempestado Azul, e começou a temporada com uma vitória em voo de cruzeiro, com o placar de 35 a 7.

O jogo

O jogo se iniciou com o Storm no punt, e logo no retorno o tight end de São José, Caio Ícaro, marcou o primeiro touchdown. Com o extra point bem sucedido pelo kicker Diego Carvalho, o Jets abriu o placar de 7 a 0.

Depois da equipe de São José pontuar, o Storm tentou um fake punt que não funcionou e com a posse de bola novamente o Jets não conseguiu avançar. A alternativa foi chutar um field goal de 46 jardas, mas não obtiveram sucesso na jogada.

A tentativa de um field goal longo pode não ter funcionado, mas mesmo a bola novamente com o São Paulo Storm, o Jets conseguiu um touchdown. Com um passe do quarterback da equipe da tempestade, o linebacker Lucas Telles conseguiu a interceptação e o retorno resultou em chegar à endzone. Sem sucesso na conversão do ponto extra, o placar ficou em 13 a 0.

E o São José Jets não parou por aí. O quarterback Gustavo Santos, do São Paulo Storm, sofreu um sack e quando o Jets recuperou a bola, Gilmar Vaz, defensive lineman do time, marcou mais um para o time do Vale do Paraíba. Novamente sem sucesso no extra point e o placar 19 a 0.

A defesa do Jets continuou com seu ritmo agressivo. Imparáveis, além de um fumble, conseguiram mais duas intercepções. Em uma das jogadas o defensive back Muriel Lionel quem recuperou a bola. Não pontuaram mais até o final do primeiro tempo, mas também não deixaram espaço para que o São Paulo Storm o fizesse.

A volta para o segundo período confirmou o quanto a defesa do Jets estava funcionando. Em um fumble forçado, ao recuperar a bola o Gui Lima, linebacker do time, marcou o touchdown. O wide-receiver Caio Guilhermino converteu os dois pontos e a vantagem do placar se abriu para 27 a 0 em Leme.

No último quarto, o São Paulo Storm fez seu primeiro touchdown da partida. O quarterback Gustavo Santos encontrou a conexão com o wide Gustavo Esguicho, com o extra-point convertido pelo Renan Ruiz a equipe totalizou 7 pontos.

Apesar da equipe da Tempestade ter diminuído a diferença, o Jets voltou ao jogo para pontuar novamente. Com a corrida do running back Fábio Ribeiro e a conversão de dois pontos feita pelo wide-receiver Lincoln Ruiz, o placar ficou em 35 a 7.

O São Paulo Storm recuperou a bola nos últimos dois minutos do quarto, mas novamente o quarterback Gustavo foi interceptado. Dessa vez pelo defensive back Rodrigo Oliveira. E assim foi o final da partida em Leme.

Com assessoria SPFL

> Confira tabela, jogos e classificação em nossa página da SPFL 2022

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSPFL Ouro: Werewolves viram pra cima dos Carrascos de Franca
Próximo artigoDragons derrota Indians em estreia pela SPFL 2022
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here