Mundial de Flag: estreia com vitória no feminino e dificuldades no masculino

1
26
A Seleção Feminina de Flag Football faz sua quinta participação em Mundiais da modalidade Foto: Grasiela Gonzaga - Flag Football Brasil

Teve início nesta segunda-feira (06) o Mundial de Flag Football da IFAF – Federação Internacional de Futebol Americano, e o Brasil já foi a campo tanto no feminino, quanto no masculino. A seleção feminina conseguiu duas vitórias e lidera a sua chave, enquanto a seleção masculina sofreu dois revés em sua estreia na disputa de um Mundial de Flag.

Lembrando que o Mundial está sendo realizado em Jerusalém (capital de Israel) no Kraft Family Sports Campus. A estrutura pertence a Robert Kraft, dono do time de futebol americano New England Patriots.

Seleção Feminina do Brasil termina primeiro dia de Mundial de Flag Football com 100% de aproveitamento

A Seleção Brasileira Feminina de Flag Football terminou o primeiro dia do Mundial com duas vitórias em dois jogos. Na primeira partida, o Brasil venceu o Japão por 20 a 14 em partida disputada até o final. O ataque e a defesa tiveram uma grande atuação.

O primeiro touchdown foi de Alessandra Rodrigues “Alezinha”, com extra point convertido por Taísa Gomes. Taísa anotou os dois touchdowns restantes, com o extra point convertido no segundo com Lara Nesralla. O Japão até esboçou uma reação no último drive da partida, mas a defesa do Brasil segurou e garantiu a vitória na estreia.

Na segunda partida, o Brasil teve mais uma atuação positiva do ataque e da defesa e venceu a Dinamarca por 41 a 19. O primeiro tempo foi o mais disputado, com Luiza Calaça anotando o primeiro touchdown da partida, deixando o placar em 6 a 0 pois não teve conversão. Os dois touchdowns seguintes foram de Taísa Gomes. O extra point foi convertido em um deles com Luiza Calaça. A seleção dinamarquesa até encostou no placar, mas o primeiro tempo foi encerrado com o Brasil na frente, 19 a 13.

No segundo tempo a partida foi mais tranquila para a Seleção Brasileira, com mais três touchdowns anotados. O primeiro foi com Luiza Calaça, com conversão de dois pontos anotada por Lara Torelli. O segundo com Taísa Gomes com mais uma conversão de extra point de Lara Torelli. E o último anotado por Lara Nesralla com conversão de extra point de Luiza Calaça.

A Dinamarca apenas anotou um touchdown, e a Seleção Feminina do Brasil conseguiu a segunda vitória no Mundial de Flag Football.

A head coach Victoria Gugliemo, destacou que os objetivos de vencer as duas partidas foram alcançados. Ela também destacou a eficiência do que foi treinado.

“Estou muito feliz que os objetivos foram concluídos que eram vencer os jogos de hoje. Mas, estou feliz ainda de ver tudo que a gente treinou nesses últimos tempos, super difíceis,  sendo feito em campo e muito bem”, diz Victoria, que declarou também que o dia foi “perfeito” para a equipe.

A Seleção Brasileira Feminina volta a campo amanhã (07) às 09h no Horário de Brasília, onde enfrentará a anfitriã Israel.

> Saiba mais sobre o esporte em Flag Football Brasil

Seleção Brasileira Masculina estreia no Mundial de Flag Football

A Seleção Brasileira Masculina de Flag Football jogou nesta segunda-feira (6) contra a Suíça no que foi sua primeira partida da história do Mundial.

Apesar da derrota por 37 a 13, dois momentos marcantes aconteceram. Além do fato de ter sido a primeira partida em mundiais, foi anotado o primeiro touchdown da história da Seleção Masculina em um Mundial de Flag Football com Leonardo Araújo. Leonardo também anotou o segundo touchdown do Brasil. Dessa vez, houve a conversão de extra point.

Na segunda partida, o Brasil enfrentou a Dinamarca, top 3 do mundo, e não conseguiu segurar o ataque da equipe adversária. O Brasil acabou perdendo por 32 a 0.

Os brasileiros enfrentam nesta terça-feira (7) as seleções da Itália as 4h da manhã e do Japão (top 8 do mundo) as 6h30 da manhã, ambas no Horário de Brasília.

Com assessoria CBFA

> Confira a página especial dos Mundiais da Flag Football

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCBFA anuncia nova comissão técnica para Seleção Masculina de Futebol Americano
Próximo artigoMundial de Flag: Seleção Masculina estreia com 17º lugar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here