Galo confirma favoritismo e leva título da MGFL em cima do Cruzeiro

1
193
BELO HORIZONTE (MG), 15.11.2021 – Pokemon faz o Touchdown p;ara o galo - Cruzeiro Sada Futebol Americano X Galo FA Futebol Americano- Atletico MG, partida válida pela final da MGLF Hinova Mineiro 2021, na cidade de Belo Horizonte na tarde desta segunda, 15. (Gilson Junio).

No primeiro encontro entre os grandes rivais de Minas no futebol americano, o Galo FA levou a melhor em cima do Cruzeiro FA. Confirmando o favoritismo e não sendo ameaçado em nenhum momento na final da Liga MGFL, o alvinegro derrotou o time azul por 40 a 3, em grande partida do quarterback mexicano Yair Marquez e o wide-receiver Pokemon (pelo ataque) e também do sistema defensivo, com destaque para o linebacker Ryan David.

A terceira colocação da competição ficou com o Nova Serrana Forgeds, que também confirmou seu favoritismo e derrotou o Golden Lions no sábado (13) por 57 a 0.

O jogo

O Galo saiu na frente já na primeira campanha, com o quarterback mexicano Yair Marquez inspirado. Já na redzone, Vilaça recebeu no canto da endzone para abrir o placar. Protásio confirmou o chute e o 7 a 0 para o alvinegro.

Pressionado em seu primeiro ataque, em terceiro para 13, o quarterback americano Talon Roggasch conseguiu se mover bem no pocket para um bonito passe que renovou suas chances. Aos poucos, o time azul conseguiu avançar, até ganhar uma facemask que o levou até a jarda 34 do campo de ataque.

Correndo pela redzone, Talon Roggasch acabou perdendo a bola, sendo recuperada pela defesa do Galo. O fumble não foi confirmado, pois o americano já estava no chão quando a bola escapou. Na jarda 8, o Cruzeiro arriscou em nova corrida de Roggasch. Ligada, a defesa do Galo forçou a quarta descida e o chute do Cruzeiro, com Chaw confirmando o field goal – 7 a 3 Galo.

O que o Cruzeiro sofreu para avançar até a redzone, o Galo muito facilmente chegou novamente à endzone. Em duas jogadas, Yair Marquez ajudou seu time a pontuar novamente, com o passe derradeiro para Marcelo Mattos, o Pokemon – sem a confirmação de Protásio, 13 a 3 para o Galo.

O Cruzeiro teve que ir para o punt da própria endzone, mas contou com um bom punt de Chaw, que não teve retorno e fechou o primeiro quarto. O segundo quarto começou com a defesa do Cruzeiro finalmente encaixando e forçando um punt do Galo. Na sequência, Talon foi interceptado por Rafael Machado.

As defesas continuaram a brilhar sobre os ataques até Talon ser novamente interceptado, com Ryan David levando a bola até a endzone. Protásio chutou e colocou 20 a 3 no placar. Faltando 1 minuto para o final, o Galo ampliou em nova big play de Yair Marquez com Pokemón – 27 a 3 Galo (bom chute de Protasio) e fim da primeira etapa.

O terceiro quarto começou e Richard Monequi, running back do Cruzeiro, saiu lesionado. Tentando mudar o destino do jogo, o time azul mudou de quarterback, com Maycon Dacaza entrando no lugar de Talon Roggasch. A primeira jogada de Maycon não deu certo, com o Cruzeiro indo para o punt.

Com jogada para touchdown do Galo, o defensive back Vitão, do Cruzeiro, acabou sofrendo uma concussão, sendo preciso ser retirado de maca. Na volta, Rafael Fadini, o running back do Galo entrou na endzone – 33 a 3 para o alvinegro, sem conversão de dois pontos.

Ainda no terceiro quarto, Talon Roggasch voltou ao comando de ataque do Cruzeiro, sendo novamente interceptado, agora por seu compatriota, Oshay Dunmore. No último lance do quarto, Vitinho interceptou Yair Marquez e conseguiu o primeiro turnover para o Cruzeiro na final.

No último quarto, o quarterback do Galo foi Miguel, que adentrou a endzone em linda corrida, mas uma falta acabou anulando a pontuação do ex-jogador do Ribeirão Preto Challengers. Mas em um novo ataque, Miguel confirmou a pontuação em lindo passe para Erick de Paula – 40 a 3 com o chute confirmado por Protásio. Com a mercy rule em ação (mais de 34 pontos de diferença), o placar não foi alterado e o Galo sagrou-se campeão da primeira edição da MGFL.

> Confira a página especial da MGFL

O que vem por aí?

O Galo ainda terá mais uma partida em 2021. Após o amistoso contra o Manaus FA e o título da MGFL, a equipe irá enfrentar o T-Rex no dia 11 de dezembro, em grande partida técnica entre campeões nacionais (Galo em 2018, Rex em 2015 e 2016).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAgenda FABR – 13 e 15 de Novembro
Próximo artigoPlacar FABR – 13 e 15 de Novembro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here