BFA, times e federações se posicionam diante do Nacional da CBFA

0
472
Marcel Dantas assume a gestão da Associação dos Clubes de Futebol Americano do Brasil, entidade que dá diretrizes para a a realização da Liga BFA. Foto: arquivo pessoal

A notícia que finalmente oficializou o racha do futebol americano nacional para 2022 fez com que algumas equipes, Federações e a Liga BFA se manifestassem diante do novo cenário. A Confederação Brasileira de Futebol Americano divulgou comunicado oficial que irá conduzir o seu próprio campeonato nacional no ano que vem, expondo divergências com a Liga que conduziu as últimas três edições do certame. Confira algumas repercussões:

Liga BFA

Procuramos o atual gestor da ACFA (Associação dos Clubes de Futebol Americano), Marcel Dantas reafirmou a realização da 4ª edição da Liga BFA. “A BFA continua, em nada muda o planejamento da Liga e nem os objetivos dos associados que é de desenvolver a Liga a longo prazo. Estamos fechando proposta de tabela para 2022 e em breve a divulgação será feita”, afirmou o dirigente.

Perguntado sobre o impacto da perda de integrantes para o próximo ano, Dantas foi pragmático e preferiu jogar com a atualidade: “A Liga não foi comunicada de qualquer desistência, portanto não é visto nenhum impacto até o momento”.

> Marcel Dantas assume rédeas da BFA e garante edição de 2022

Clubes afirmam apoio à BFA

Procurados, os últimos campeões dos campeonatos nacionais manifestaram continuidade à BFA. O João Pessoa Espectros (campeão em 2019) não titubeou e foi o primeiro à responder ao Salão Oval. O Galo FA (campeão de 2018 e 2017, sob a bandeira do Sada Cruzeiro) manifestou apoio à unidade do FABR e disse que irá jogar todos os campeonatos que houver. O T-Rex (bicampeão em 2015 e 2016) manifestou apoio exclusivo à BFA, assim como o Cuiabá Arsenal (bicampeão em 2010 e 2012).

Outras duas equipes de destaque nacional, o Recife Mariners e o Manaus FA também declararam ao Salão Oval a participação na BFA em 2022.

Único apoio incondicional à CBFA, por enquanto

Segundo tweet do jornalista Dan Lacalle, o Corinthians Steamrollers foi o único a manifestar apoio à CBFA. Outras equipes procuradas (e também campeãs nacionais) ainda não irão se manifestar, devido à reuniões para chegar a um denominador comum.

Federações Pernambucana e Gaúcha apoiam a CBFA, em posições diferentes

A Federação Pernambucana de Futebol Americano não seguiu o seu principal time (Mariners) e afirma que irá “apoiar os times pernambucanos e demais interessados para regularizar suas participações no campeonato oficial brasileiro“.

Já a Federação Gaúcha apoia a CBFA, mas não irá restringir seus times de escolherem os campeonatos que irão disputar em 2022, segundo seu diretor de comunicação, Henrique Riffel.

> CBFA decide ter nacional próprio e FABR volta rachado em 2022

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here