BFA OffSeason: Manaus FA faz história ao visitar o bicampeão T-Rex

0
0
O Manaus FA encarou mais de 3 mil km de viagens áreas e terrestres para chegar à Timbó para encarar o bicampeão T-Rex pelo amistoso BFA OffSeason Foto: Divulgação Manaus FA

Pela primeira vez, uma equipe do Norte do Brasil cruza os pontos cardeais para visitar o Sul do país. E o ambicioso Manaus FA não irá enfrentar qualquer equipe, mas sim o bicampeão nacional, o T-Rex, em amistoso que é denominado como BFA OffSeason. Além de T-Rex x Manaus FA, o aguardado jogo entre T-Rex x Galo FA também faz parte da chamada BFA OffSeason.

Vitória da Persistência

Renner Silva, Gestor da equipe do Manaus FA, acredita que o marco de levar uma equipe de futebol americano a cruzar o país é “a vitória da persistência, da organização e muita força de vontade de transformar um pequeno projeto de futebol americano no norte, num representante da região”.

A equipe já enfrentou um duro teste contra o campeão nacional de 2018, o Galo FA, também em encontro amistoso, que ficou conhecido como Desafio dos Campeões. E para encarar o Rex, o time ainda estará desfalcado do running back Well Garcia (MVP do Brasil Bowl VII) e do head coach e polivamente Callus Cox, que retornou à João Pessoa para nascimento da filha.

Renner também destacou que o jogo é a continuidade do intercâmbio técnico que ele realizou em Timbó, há dois meses. Para ele, enfrentar o T-Rex “é simplesmente enfrentar o melhor projeto brasileiro da modalidade. Aprendemos muito na visita administrativa e criamos um laço de amizade muito forte entre as instituições. Queremos que essa experiência seja satisfatória para ambas as equipes, e, com isso, estreitar ainda mais os laços”.

A volta do T-Rex desde o Brasil Bowl X

Depois de ser derrotado no Brasil Bowl X pelo João Pessoa Espectros, o T-Rex volta aos gramados em Santa Catarina depois de quase dois anos. Bruno Takahashi destaca que o jogo é muito mais um teste para o Manaus FA do que para o Rex: “Eles estão com um elenco que está sendo formado agora, chegando gente de várias partes e se conhecendo agora. Para nós, foi o ano que pegamos uma nova geração de atletas de futebol americano, com atletas novos e, com certeza, foi um dos anos que mais treinamos e aplicamos a parte de fundamento e iniciação de futebol americano”.

Em 2021, os amantes do esporte verão um T-Rex remodelado, com muitos jovens em campo mas, também, com rostos conhecidos pelas jardas do Brasil vestindo o manto vermelho, como os running-backs Eduardo “Maranhão” e Glodie Biteke, o wide-receiver Jonathas Fonseca “Japa” e o kicker Amilcar “Ozil”. “É um time praticamente todo renovado, vamos ver como eles vão ter absorvido a cultura-Rex”, apontou Takahashi.

Além disso, como já destacado, a equipe já tem outro compromisso agendado para 2021: no dia 11 de dezembro, o T-Rex recebe o Galo FA, para mais um jogo da BFA OffSeason que acontecerá no Complexo Esportivo de Timbó.

Com assessoria T-Rex

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSeleção Brasileira não terá convocações afetadas por racha do Nacional
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here