Rednecks desiste de reforço expulso da ELF por racismo

1
561
O post no Instagram do Rednecks foi primeiro bloqueado para comentários e depois deletado

O FABR Day, dia 25 de outubro, foi um show de postagens em homenagem ao que hoje é o dia do futebol americano nacional. No entanto, uma delas, chamou a atenção de todos, logo no final do dia. O Goiânia Rednecks postou em sua conta do Instagram a chegada do reforço Jacob Wright, quarterback, para atuar na Taça Cairo Santos 2021 (agora, em novembro).

A repercussão veio pelo histórico recente do jogador. Wright (Sttutgart Surge) foi expulso da European League of Football após episódio em que insultou de forma racista o jogador da equipe adversária (Frankfurt).

Em entrevista ao Salão Oval, o diretor do Goiânia Rednecks Igor Oliveira apontou alguns fatos para a contratação do jogador. Wright já estava na mira da equipe de Goiás antes dele chegar à Europa e  a equipe acreditou que o episódio de racismo foi algo pontual e que, diante de boas referências tanto da Europa quanto dos EUA, poderiam apostar no reforço.

“Diante da repercussão, não vamos mais prosseguir com a chegada do Wright. Ele viria apenas para os dois jogos da Taça Cairo Santos e iria embora antes do Natal”, explicou Oliveira.

Repercussão na FEFAC, CBFA, ELF e Coalização Negra do FABR

A Federação de Futebol Americano do Cerrado soltou uma nota oficial sobre o tema, onde reitera “o repúdio a atos racistas praticados na sociedade e no esporte”. Já a CBFA emitiu uma nota de repúdio na noite de terça (26). A ELF comentou que irá se pronunciar nesta quarta (27) – “A abertura e a tolerância são mais do que um mero serviço da boca para fora na Liga Europeia de Futebol, mas algo um princípio segundo o qual vivemos. Não há espaço para qualquer tipo de discriminação. Após o ocorrido, o Stuttgart Surge liberou Jacob Wright, devido ao seu comportamento”.

A Coalização Negra do FABR, formada por jogadores e amantes do FABR, divulgou uma nota onde também repudia a chegada de Wright.

*Atualizado às 21h41 com notas da CBFA e Coalizão Negra / Atualizado na quarta, após statement enviado pela ELF ao Salão Oval

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMarcel Dantas assume rédeas da BFA e garante edição 2022
Próximo artigoCoalização Negra do FABR divulga nota diante do episódio Jacob Wright
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here