Sem Kudyba, Arsenal recebe Leões pelos playoffs no Centro-Oeste

2
463
O americano Thomas Kudyba foi campeão nacional com o Cuiabá Arsenal em 2010 Foto: Junior Martins

Se playoffs já são jogos cercados de expectativa e apreensão por qualquer time, o do Cuiabá Arsenal será ainda mais cheio de emoções. A tradicional equipe do Mato Grosso conquistou o primeiro lugar do Grupo Oeste da Conferência Centro-Oeste e irá receber, na semifinal, o Leões de Judá neste sábado. A novidade para o jogo do lado matogrossense é que o time acaba de perder o head coach e quarterback, o americano Tommy Kudyba.

Até hoje, os times tem apenas um confronto na história, com vitória do Cuiabá Arsenal.

Sem comandante para os playoffs

Figura histórica do Cuiabá Arsenal, Tommy Kudyba foi o quarterback da primeira conquista nacional do time, em 2010 (além disso, o Arsenal também foi campeão brasileiro em 2012). Kudyba também fez parte do elenco em 2017, auxiliando também como coordenador ofensivo, na campanha que chegou até as semifinais nacionais (derrota para o João Pessoa Espectros).

Em contato com o Salão Oval, o americano informou que não faz mais parte da equipe que o projetou no FABR: “No domingo dia 27/10 o presidente do time me chamou para uma reunião e falou que ele decidiu me ‘desligar’ do time Cuiabá Arsenal ao qual eu fazia parte como head coach, quarterback e coordenador de ataque. Ele não me deu nenhuma razão concreta sobre sua decisão. Eu fiquei muito chocado e decepcionado. Eu tentei sempre fazer o meu trabalho e dar o meu melhor em ajudar o time. Uma semana antes fomos campeões do estado de Mato Grosso e do Grupo Oeste do BFA Elite, e mesmo com esse título, ele disse que eu não estava fazendo o meu trabalho e que estava insatisfeito”, explicou.

Questionado, o presidente do Cuiabá Arsenal, Denevaldo Junior, esclareceu: “Sim, é real (o afastamento). (As razões foram) O não cumprimento de algumas questões de planejamento conforme acordamos (questões contratuais), além de algumas ações que são contrárias ao que o Cuiabá Arsenal representa, ou seja, incompatibilidades entre o que ele queria e o que a associação quer”.

Sobre o planejamento para a partida, Denevaldo explicou que o time seguirá a estrutura de 2018 para a partida decisiva contra o Leões: “O Daniel Pereira (Dandan) jogará e coordenará o ataque, ficaremos com os coordenadores por time (ataque, defesa, especialista). Sem um head coach definido está funcionando a estrutura colaborativa entre os coordenadores e os lideres de posição até agora”.

Playoffs após jogo épico

O Leões de Judá tem uma semana cheia. No sábado passado, o time conseguiu uma vitória épica sobre o Campo Grande Predadores para conseguir a última vaga dos playoffs. E agora, o time terá uma longa viagem até o Mato Grosso para enfrentar um dos times mais tradicionais do esporte nacional – o Cuiabá Arsenal.

O presidente Adalberto “Dadau” destacou tanto o lado da falta de descanso causada pelo jogo anterior quanto a motivação que ele trouxe para os candangos: “Acredito que a falta de descanso possa prejudicar sim. Aliado ao clima de Cuiabá, teremos que primeiramente superar esse fator. Mas o time que vence um jogo como o anterior, costuma acreditar mais em si. Recebemos uma grande dose de motivação com a revirada contra o Predadores e usaremos essa motivação para o próximo jogo. Acreditamos que temos chance de vencer e carimbar o passaporte para a final”.

Para o experiente jogador de linha ofensiva Vargão, o pouco tempo para preparação é também importante: “Uma semana a mais nos deixaria em uma posição melhor para um bom plano de jogo. Nesse esporte preparação é tudo. Sem dúvida nos prejudicou, mas essa é só mais uma adversidade que estamos empenhados em superar”.

> Panorama dos playoffs

Serviço – Cuiabá Arsenal x Leões de Judá – Semifinal da Conferência Centro-Oeste

Quando: 2 de novembro, sábado, às 14h

Onde:  Sesc Balneário – Av. Dr. Meirelles, S/N – São João D’Rei (bairro de Cuiabá)

Ingresso: no local

COMPARTILHAR
Artigo anterior“Playoffs é zero a zero e quem perder está fora”
Próximo artigoInvicto, Mariners recebe Espectros na maior final da Conferência Nordeste
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here