Panorama dos playoffs: quem está dentro e quem está fora

3
874

Os playoffs já são uma realidade hoje para a Conferência Nordeste, que encerrou sua fase regular hoje. Para as outras Conferências, já estamos quase lá. Então, chegou a hora de fazer um balanço para entender as chances de cada time de avançar para a próxima fase ou de não cair para a Liga BFA Acesso em 2020.

> Confira o regulamento da Liga BFA

Conferência Nordeste

Com o final da fase regular neste domingo, o Recife Mariners confirmou de forma contundente a melhor campanha, com seis vitórias, ao derrotar o atual campeão da Conferência, o João Pessoa Espectros. Com isso, com o seed 1, o Mariners irá receber o seed 4, o Bulls Potiguares; já o Espectros, seed 2, receberá o seed 3, o Ceará Caçadores.

No Nordeste, os seeds são decididos por melhor campanha, independente do grupo. As semifinais já estão marcadas e serão no dia 12 de outubro. A final de Conferência acontece no dia 26.

Conferência Centro-Oeste

Grupo Oeste: Aqui, os grupos importam, classificando o primeiro e o segundo de cada um deles. No Grupo Oeste, Sorriso Hornets e Cuiabá Arsenal disputarão o primeiro lugar na última rodada da fase regular, já com Rondonópolis Hawks e Sinop Coyotes sem chances de avançar.

O Arsenal e Sorriso Hornets lutam pela primeira posição do grupo em sua última partida pela fase regular. Quem vencer, fica com o seed 1 do Grupo Oeste.

Já para o Sinop Coyotes, vencer o Rondonópolis Hawks na última rodada seria a chance de tentar afastar a possibilidade de rebaixamento, já que sua campanha será comparada com a do Brasília Templários, do Grupo Centro.

Grupo Centro: O Tubarões do Cerrado já está classificado, mas ainda não tem o primeiro lugar do Grupo garantido. O Leões de Judá pode ficar com o seed 1 se vencer o Campo Grande Predadores e derrotar o próprio Tubarões por uma larga margem de pontos (para vencer no critério desempate de menor número de touchdowns sofridos).

Já o Campo Grande Predadores tem que vencer todos os seus três próximos jogos (e principalmente o Leões de Judá por uma larga margem) para ter alguma chance. E o Brasília Templários, para escapar do rebaixamento sem depender de outros resultados, vencer seus dois confrontos contra o Predadores.

Conferência Sul

Aqui, os quatro classificados já estão definidos, mas ainda sem a ordem específica. T-Rex, Santa Maria Soldiers, Black Hawks e Paraná HP estão na próxima fase. Istepôs e Jaraguá Breakers, sem vitórias até o momento, decidirão quem será rebaixado em encontro particular no dia 12 de outubro. Já o Coritiba Crocodiles não tem mais chances de avançar pois no hipotético empate triplo contra HP e Soldiers, o time levaria a desvantagem por ter perdido de ambos no confronto direto.

Conferência Sudeste

Muitos cálculos são necessários na Conferência Sudeste. Comecemos os cálculos pelo primeiro grupo.

Grupo A

Para o Galo FA, o time já está na próxima fase, mas ainda não com o seed 1 garantido. O time ainda pode perder a primeira posição se não derrotar o América Locomotiva e o Vasco Almirantes (do Grupo B) vencer os dois próximos jogos e tornar-se o único invicto da Conferência.

A Portuguesa já está classificada, pois no único empate triplo possível de campanhas 4-2, ela levaria vantagem no segundo item de desempate em caso de força de tabelas iguais – o segundo item de desempate é “maior número de vitórias nos confrontos entre as equipes empatadas. O empate triplo em questão seria Portuguesa, Challengers e Tritões.

O Challengers só tem chances de avançar se vencer seus dois próximos jogos (Corinthians e Flamengo) e se o Tritões perder os dois que lhe resta (Vasco e Storm). O Flamengo não tem mais chances de classificação, mas pode ser rebaixado em uma combinação improvável de derrotas nos próximos jogos e se Oilers, Corinthians e Storm chegarem a uma campanha 2-4.

O Macaé Oilers tenta escapar do rebaixamento se vencer seus dois próximos jogos ou pelo menos um deles e torcer para a campanha do Corinthians não ser melhor.

Grupo B

No Grupo B, o Vasco já está classificado, mas ainda sem garantia de seed. O time ainda enfrenta Tritões e Corinthians para definir seu destino. O Tritões ainda não avançou, mas uma vitória contra Vasco ou Storm sela o seu destino.

Sem chances de avançar, o América Locomotiva ainda enfrenta Storm e Galo. Com uma vitória em um destes confrontos, afasta em definitivo as chances de ser rebaixado. Já o Storm ainda tem chances de playoffs – o time precisa derrotar Tritões e América e torcer pela derrota do Tritões contra o Vasco, além duas derrotas do Challengers para poder avançar. O time afasta as chances de rebaixamento se vencer um dos dois próximos compromissos.

E, por fim, o Corinthians Steamrollers, precisa vencer seus dois jogos (Challengers e Vasco) para poder não depender de outros resultados. O objetivo direto é ter uma campanha melhor que a do Macaé Oilers, hoje, seu adversário direto para o descenso.

> Confira a agenda e os resultados da BFA 2019

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 28 e 29 de setembro
Próximo artigoVasco x Tritões: promessa de jogo disputado no Rio
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here