À beira do abismo, Corinthians e Storm disputam clássico pela BFA

0
194
O maior clássico paulista chega a sua 12ª edição Foto: Marco Carmona

O maior clássico paulista terá tons dramáticos ao ser disputado neste sábado (14) à beira da represa de Guarapiranga, no bairro de Interlagos, Zona Sul de São Paulo. Sem vitórias até agora em três partidas disputadas pela Liga BFA, ambos Corinthians Steamrollers quanto São Paulo Storm querem tanto empurrar o rival para mais próximo de uma possível ida inédita queda para uma divisão de acesso nacional quanto estar mais longe desta zona de desconforto.

Números de ontem e de hoje

Este será o 12º clássico entre Corinthians Steamrollers e São Paulo Storm. São cinco vitórias alvinegras e seis azuis. No último confronto, na semifinal deste ano da São Paulo Football League, o Corinthians venceu por 12 a 00.

Na atual BFA, os times não tem vitórias, mas o desempenho do Storm é um pouco pior. O time marcou apenas 15 pontos na competição, na estreia, contra Challengers. O Corinthians, apesar de não ter vencido, teve um ataque mais positivo, com 56 pontos, à frente do Storm e Flamengo (considerando apenas a Conferência Sudeste).

Valorizando o clássico

Ricardo Trigo, histórico dirigente e jogador do Corinthians Steamrollers, chega para a partida com uma função inédita: a de head coach interino. Ele assume após a saída de Daniel Clouston, mas continua com o coordenador defensivo Michinari Sakurai (japonês) e Lee Wells (americano, também quarterback).

“O jogo conta o Storm, por si só, já é sempre uma luta de de vida ou morte, pela rivalidade entre os dois times. Temos mais dois jogos pela BFA ainda, e sabemos que este é um dos mais importantes pra nós”, resumiu Trigo.

Tudo ou nada até o fim, na busca por playoffs

Helton Generoso, também presidente e jogador do São Paulo Storm, desenha com realismo o quadro da equipe – sabe das dificuldades dos jogos e das perdas por lesões (Nick – quarterback – e Giamas – running back e craque do time). Mas conta com o fator “clássico” para poder vencer.

“A partir de agora, todas nossas partidas são tudo ou nada e não com relação a ficar na BFA Elite e sim em poder disputar playoffs. Não teremos jogos fáceis e todas as equipes possuem problemas, o que precisamos agora é superar os nossos. Tivemos muitas perdas esse ano, alguns saíram outros se lesionaram, infelizmente isso faz parte de uma temporada. Temos outros jogadores que vem treinando duro para aproveitar as oportunidades e o momento chegou. Contra o Steam, tenho certeza que podemos vencer, é um clássico, já nos enfrentamos esse ano e sabemos que a vitória vem nos detalhes, que vença o melhor”, bradou o comandante azul.

> Confira mais sobre a Conferência Sudeste em nossa página especial

Serviço: Corinthians Steamrollers x São Paulo Storm – Liga BFA 2019

Quando: Sábado, 14, às 14h

Onde: Rua Peixe Vivo, 155 – Centro de Treinamento Touchdown

Ingressos: no local

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFocado, Caçadores vai a Natal encarar o ameaçado Scorpions
Próximo artigoHistóricos, Hawks e Croco jogam em Gaspar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here