Mariners derrota Cavalaria e vence quarta partida na BFA

1
233
O Recife Mariners não deu chances para o Cavalaria Foto: Bruna Monteiro

O Recife Mariners não teve dificuldades para vencer o time baiano Cavalaria 2 de Julho neste sábado (31), no jogo realizado no Estádio Gileno de Carli, localizado no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. No complemento da partida paralisada em Salvador, no dia 29 de junho, os Azuis dominaram o duelo o tempo todo. O placar final foi de 43 a 06 para os Marinheiros, que cravaram a quarta vitória na Liga BFA 2019.

O jogo

Depois de um primeiro quarto zerado, os pernambucanos abriram o placar no segundo quarto, em passe do quarterback americano Jake Schimenz para o wide-receiver Guilherme Pinho (ponto-extra não convertido). Em mais um passe de Jake, agora para 80 jardas, Sérgio Filho foi o wide-receiver da vez. Novamente sem pontuação extra, o placar foi a 12 a 0.

Em nova campanha dos recifenses, Jake foi o destaque ao levar o time à redzone com boas corrridas. O americano continuou correndo e, na goal line, elegeu mais um passe para touchdown – agora Japa. Com o gramado alto, o time decidiu parar de chutar e ir para a conversão de dois pontos. Jake passou para Sherman e o placar foi a 20 a 0 Mariners, placar parcial da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o Mariners continuou avançando, usando até quartas descidas se necessário para continuar no ataque. De novo na redzone, jogada aérea de 16 jardas entre os americanos Jake e Oshay Dunmore. Jake mesmo correu para a conversão de dois pontos e 28 a 00 para os pernambucanos.

Após boa campanha do Cavalaria, com destaque para o quarterback Igor Ribeiro, os baianos sofreram fumble, recuperado pelo time azul por Bigão. Em nova big play, Jake passou para 65 jardas, com a recepção de Pinho, novamente. Novo passe de Jake para Oshay, agora para dois pontos, e o placar foi a 36 a 0.

O Cavalaria reagiu em campanha que chegou na redzone, mas sem frutos, mesmo após quarta descida. O Mariners foi para o ataque mas um erro de snap, seguido de fumble recuperado pelos baianos deixou os visitantes na jarda 10 do campo de ataque. O Cavalaria fez o seu touchdown e diminuiu para 36 a 6 (sem ponto-extra).

Para fechar o último quarto, Jake deu lugar ao quarterback Maykon Reis, que sofreu uma interceptação, mas também fez o seu touchdown, correndo para endzone. Mota fez o sua parte ao chute entre os postes e garantir o placar final: 43 a 6, Mariners.

O que vem por aí?

Próxima partida de ambas equipes será um reencontro no dia 14 de setembro, desta vez, na Arena de Pernambuco, às 14h. Os ingressos já estão a venda e podem ser adquiridos com os atletas do Mariners, pelo valor de R$ 20,00 (vinte reais).

Com assessoria Mariners

> Confira mais sobre a Conferência Nordeste em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorChallengers vence batalha de novatos na casa do Macaé Oilers
Próximo artigoHornets vira no fim e vence Hawks por um ponto
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here