RFA vence seleção chilena sub-23 no Chile

0
565
RFA perfilada antes da partida, no Estádio La Granja. Foto: Assessoria RFA

A Rio Football Academy viajou ao Chile na semana passada para participar de um camp de três dias que culminava em amistoso contra a Seleção Chilena sub-23. O jogo serviu de preparação para os chilenos, que disputarão o mundial em 2020, e como experiência para os garotos brasileiros. Para muitos deles, foi a primeira viagem internacional.

O jogo

A RFA entrou em campo no Estádio Fiscal de Taca, na cidade de Taca, localizada a 259 quilômetros da capital Santiago, enfrentando um frio de cinco graus. Mas a temperatura não teve impacto no desempenho dos atletas brasileiros, que começaram o jogo com tudo. Logo no primeiro drive, o quarterback Vítor Paiva conectou bons passes deixando a RFA na redzone. Ele mesmo fez uma corrida de dez jardas e entrou na endzone para abrir o placar no Chile. O ponto-extra foi convertido pelo kicker Leonardo Coutinho: 07 a 00.

Ainda no primeiro quarto, a RFA voltou a marcar após um drive incrível de noventa e nove jardas, com destaque para o wide-receiver Eduardo Nunes, que fez ótimas recepções e que terminou com um passe do quarterback Vítor para o wide-receiver Gabriel Freire. O ponto-extra foi convertido e a RFA ampliou para 14 a 00.

No segundo quarto o Chile voltou melhor, diminuíram o placar com um touchdown do quarterback da equipe e convertendo o ponto-extra: 14 a 07. Antes do intervalo, o kicker Leonardo Coutinho marcou mais três pontos para os brasileiros com um field goal de 42 jardas, e as equipes foram para os vestiários com o placar em 17 a 7.

O segundo tempo foi marcado pelas defesas, jogo truncado, assim como estamos acostumados nas partidas de futebol entre os times brasileiros e chilenos. Sobrou para as equipes pontuarem por meio de field goals, um para cada lado. O brasileiro Leonardo Coutinho, um dos destaques da partida, marcou seu oitavo ponto no jogo e o kicker chileno conseguiu mais três pontos. O eleito MVP do jogo, Eduardo Nunes, que jogou de wide receiver e linebacker fez uma interceptação e impediu os chilenos de marcarem mais pontos no último quarto.: Placar final, 20 a 10 para RFA.

Defesa da RFA em campo, na partida contra a seleção chilena sub-23. Foto: Assessoria RFA

Experiência internacional

Para o head coach da RFA e um dos idealizadores do projeto, Patrick Dutton, foi um momento marcante para ele e os garotos brasileiros: “A experiência foi indescritível, ver os olhos dos meninos brilhando no aquecimento em um estádio de Copa América não tem preço. Já tive muitos momentos através do futebol americano e posso afirmar que esse foi um dos melhores.”

A RFA voltará a enfrentar o Chile e Patrick tem sonhos ainda maiores: “A seleção do Chile vai ao Rio de Janeiro no início do ano que vem para o jogo de volta, e nosso próximo passo é manter a preparação e buscar novos desafios! A Europa é nosso próximo alvo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here