Em jogo movimentado, Hornets supera Coyotes

1
292
Sorriso Hornets no huddle após a vitória contra o Coyotes. Foto: Wallace Costa

No “maior clássico do Mato Grosso”, deu Hornets. Os sorrisenses viajaram até Sinop para enfrentar o rival Coyotes e os dois times fizeram um jogo digno da rivalidade, ambos produziram bastante com seus ataques, mas os visitantes foram mais efetivos no primeiro quarto e voltaram para casa como líderes isolados do grupo Norte na conferência centro-oeste.

O jogo

A partida começou com a defesa sorrisense pressionando bastante e fazendo o Coyotes tomar uma atitude inusitada, depois de perder muitas jardas, eles surpreenderam o adversário ao chutar um punt em uma terceira descida, a jogada deu certo e o Hornets iniciou sua campanha na linha de quarenta jardas do campo de defesa, mas nem a atitude surpreendente impediu a equipe visitante de abrir o placar na sua primeira campanha, eles atravessaram o campo com boas corridas e passes curtos, até que o quarterback Leite conectou um passe para o wide receiver Eder “Bob” Silva dentro da endzone abrindo o placar em Sinop, ponto extra convertido por Marcos Lodi, 07 a 00 Hornets.

No começo do segundo quarto, novamente o Hornets atravessou o campo em uma bela campanha de ataque, culminando com um lindo touchdown do wide receiver Diego Oliveira que recebeu dentro da end zone, um passe da linha de 37 jardas do quarterback Leite, o ponto extra foi convertido por Marcos Lodi, 14 a 00.

Na continuação do quarto, o Coyotes acordou, a defesa fez um bom trabalho parando o Hornets e o ataque a exemplo dos dois touchdowns do adversário, também atravessou o campo com o quarterback Ricardo Bonadimann conectando bons passes para seus recebedores terminando com uma boa play action onde Ricardo passou para o tight end Fábio Beicão, ponto extra não convertido, 14 a 06.

Na sequência da partida, após um chute ruim do Coyotes, o Sorriso Hornets começou sua campanha na linha de quarenta jardas do campo de ataque e não demorou para ampliar o placar com mais um passe de Leite, desta vez para o wide receiver Breno de Bem, o ponto extra não foi convertido, 20 a 06.

Não deu nem tempo do Hornets comemorar, no retorno, o polivalente Henrique Gratão avançou praticamente o campo todo deixando seu ataque já na redzone, foi o suficiente para Ricardo Bonadimann entrar em campo e na primeira jogada conectar um passe de 25 jardas para uma linda recepção do wide receiver Whemerson que apesar da boa marcação, ficou com a bola e anotou mais um touchdown para o time da casa, o ponto extra foi convertido por Henrique Gratao, 20 a 13.

O ritmo do segundo quarto continuou frenético com as duas equipes forçando e recuperando um fumble cada, mas quem se deu bem e conseguiu anotar mais três pontos foi o Hornets, com um field goal de Marcos Lodi de trinta e quarta jardas no último lance do primeiro tempo, 23 a 13 para os visitantes.

No segundo tempo, as defesas voltaram mais ligadas e o placar ficou inalterado durante todo o terceiro quarto. No começo do quarto período, o time de punt do Sinop Coyotes fez um holding dentro da end zone, que resultou em um safety para o Hornets, 25 a 13. Na campanha seguinte os sorrisenses voltaram a marcar com um lindo touchodwn do wide receiver Tharcizio Silva que recebeu um passe de vinte jardas do quarterback Leite e correu mais trinta e cinco jardas até a end zone, ponto extra não convertido, 31 a 13.

Antes do final da partida, o Sinop Coyotes ainda conseguiram diminuir a diferença com mais um passe de Ricardo, o sétimo dele para touchdown na temporada, para o wide receiver Igor Tenório, ponto extra convertido por Henrique Gratão e placar final em Sinop, 31 a 20.

O que vem por aí

O Sorriso Hornets viaja até Rondonópolis para enfrentar o Hawks e o Coyotes também jogará fora de casa contra o Cuiabá Arsenal.

>>>Confira a tabela completa da conferência centro-oeste na Liga BFA<<<

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here