Portuguesa e Flamengo fazem abertura da BFA 2019

1
410
No ano passado, o Flamengo derrotou a Portuguesa na estreia, também em São Paulo. O resultado será o mesmo em 2019? Foto: Ricardo Corrêa/StudioRGB

A partida deste sábado (29) entre Portuguesa FA e Flamengo Imperadores marcará o começo da temporada regular da Liga BFA, Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, que conta, em sua divisão de elite, com 33 equipes nas Conferências Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Nordeste.

O jogo contará também com um evento para inclusão social envolvendo crianças e adolescentes de São Paulo. O evento conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo e da Secretaria de Esporte e Lazer e do Governo do Estado. O acesso ao estádio será gratuitob, bastando levar 1 kg de alimento não-perecível.

Evento social

O evento vai muito além de uma simples partida. Na parte da manhã, aproximadamente 200 crianças serão levadas pelo Instituto Ekballoin para participarem de atividades relacionadas ao futebol americano, como por exemplo: oficinas com lançamento de bolas ao alvo, recepção de passe, disputa de corrida e também um almoço para os jovens carentes de São Paulo levados pelo Instituto. Será uma grande oportunidade de inclusão para que estas crianças tenham contato com o esporte desde cedo.

Agora sim

Para a Portuguesa, a partida contra o Flamengo na BFA de 2018 foi a primeira e crucial. Após ter vencido o tricampeonato da São Paulo Football League (clique para compacto do jogo), o time teve apenas uma semana para descansar e enfrentar os cariocas na estreia do nacional. A derrota veio (clique para compacto do jogo) e foi decisiva para os paulistas não passarem para os playoffs.

Agora, fora do estadual e com o primeiro semestre inteiro para treinamentos, o time acredita que fez a preparação correta para o campeonato. “Sem dúvidas a nossa preparação como time foi excelente para o ano. Nos preocupamos com os jogadores e a evolução deles técnica e dentro do nosso sistema. Estou muito satisfeito com o que alcançamos e como evoluímos nessa temporada até então”, analisou o head coach Paulo Henrique “Tidus”.

> Somos um programa esportivo guiado pelo processo

O comandante da equipe paulista não acredita que o jogo seja uma revanche do ano passado: “Não acredito que seja uma revanche. São times diferentes todo ano, e pensamentos e objetivos também, nós estamos mais preocupados em provar para nós mesmos que tivemos uma boa pré-temporada e que estamos prontos e ansiosos para esses jogos de BFA”, concluiu.

Reforços após vice-estadual

Após perder a final do Campeonato Carioca por apenas um ponto contra o Vasco, o Flamengo chega para a BFA com um pacote de reforços vindos de São Paulo. Igor Ribeiro (coach de processos técnicos e táticos, ex-Tomahawk), David “Prince” (running back, ex-Tomahawk), João Paulo (linebacker, ex-Tomahawk), Andrews (wide-receiver, ex-Tomahawk), Luis Eduardo (defensive back, ex-Tomahawk) e Eduardo Tosta (quarterback).

O experiente defensive back Euclides Carvalho brada confiança na preparação da equipe: “Nosso objetivo é ter uma temporada vitoriosa. Buscamos a evolução tática, física e mental de nossos atletas semana a semana para que tenhamos sucesso sempre que entramos em campo”.

> Confira nossa página especial sobre a BFA 2019

Com assessorias Liga BFA e Flamengo Imperadores

Serviço – Portuguesa FA x Flamengo Imperadores

A partida de abertura da competição nacional de Futebol Americano, que ocorrerá neste sábado, será transmitida através do canal oficial da Liga BFA na plataforma do YouTube, assim como o Brasil Bowl IX.

Quando: Sábado, a partir das 10h (partida às 14h)

Onde: Estádio do Ibirapuera, em São Paulo

Ingresso: 1kg de alimento não-perecível

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 23 de Junho
Próximo artigoDominante no clássico, Bulls encara Scorpions em Natal
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here