Audiência Pública é cartão de visitas do FABR ao Congresso

1
224

Em Audiência Pública mais do que lotada e que chamou a atenção do Congresso Nacional em um dos plenários mais agitados do dia 26 de junho, o futebol americano nacional esteve em pauta para a discussão de melhorias da modalidade. A Audiência Pública partiu de um requerimento feito pelo deputado Júlio Cesar Ribeiro, do Distrito Federal, juntamente com a deputada Greyce Elias, de Minas Gerais.

Após apresentação da modalidade e seu histórico, feito pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano, Ítalo Mingoni, o tema foi debatido com a presença dos presidentes das Federações do Cerrado, Diego Fernandes, de Minas Gerais, Giuliano Grotto, e São Paulo, Ricardo Trigo.

> Ítalo Mingoni comenta sobre Audiência Pública no Congresso Nacional

Enquanto Grotto prestou homenagem ao lembrar dos fatos históricos do esporte, Diego e Trigo apontaram para dois importantes pontos que podem ser abordados pelos deputados para a melhoria no esporte e acesso a recursos financeiros. Diego falou sobre a desburocratização de aspectos da Lei de Incentivo ao Esporte e a Lei Pelé, que poderiam ter pontos alterados para esportes amadores não-olímpicos. Já Trigo falou sobre a isenção de impostos para a importação de equipamentos.

Em uma parte da Audiência, a deputada Greyce Elias tocou no ponto sobre a isenção de impostos, explicando sobre o Projeto de Lei 879/2015 (veja vídeo abaixo). O Deputado Júlio Cesar Ribeiro prometeu empenhar-se na criação de uma frente parlamentar da modalidade, o que daria mais corpo para futuras reivindicações.

Deputada Greyce fala sobre Projeto de Lei 879/2015

 

“Eu não sai do FABR não”

O jogador saído do futebol americano nacional diretamente para a NFL também esteve presente para contar a sua história e dar o seu exemplo como ícone do FABR. Durval Queiroz Neto, o Duzão (Miami Dolphins), fez um emocionante depoimento, culminando com seu compromisso com suas raízes: “Se um dia der certo, vou voltar e vou retribuir. Na minha primeira oportunidade, eu voltei e quero retribuir. Eu não sai do FABR não. Minha raiz é aqui e sempre que puder, vou ajudar vocês e trazer todo o apoio”.

Mais Duzão no Salão Oval

> Hangout: “Eu venho da dúvida”

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here