Corinthians Steamrollers apresenta comissão técnica para a próxima temporada

0
568
Corinthians Steamrollers, em sua última partida como visitante na BFA, em Vila Velha, contra o Tritões FA Foto: Cris Kaji

Após o término da participação do Corinthians Steamrollers na edição 2018 da BFA (Brasil Futebol Americano), o Rolo Compressor passou a focar nas competições da próxima temporada.

A novidade para o próximo ano é a nova comissão técnica do Corinthians Steamrollers. Daniel Clouston, que em 2018 foi o coordenador defensivo, será o novo head coach (função que já exerce na equipe de desenvolvimento).

O novo comandante terá ao seu lado na comissão técnica dois novos integrantes. O americano Lee Golden Wells será o coordenador ofensivo, função que já exerceu na Braxton County High School. Já o novo coordenador defensivo será o japonês Michinari Sakurai, ex-jogador na liga japonesa de Futebol Americano e ex-head coach do Dire Wolves, do Peru.

Temporada regular no estadual e ruim no nacional

Em 2019, o Timão já está confirmado na disputa da SPFL (São Paulo Football League, o Campeonato Paulista da modalidade), onde ficou na semifinais, e na BFA (Campeonato Brasileiro de Futebol Americano), onde realizou a pior campanha entre as equipes que disputaram jogos em 2018. O time do Parque São Jorge não conseguiu derrotar nenhum dos adversários em campo, mas não foi para a Liga Nacional (acesso) pois a desistência do Juiz de Fora Imperadores o beneficiou.

Saída de Fabio Marin

Uma das figuras históricas remanescentes do início do Corinthians Steamrollers, o head coach da equipe em 2018, Fabio Marin, está de saída ao ser substituído por Daniel Clouston, então coordenador defensivo. Fabinho, como é conhecido, enviou uma mensagem ao Salão Oval explicando a sua saída, revelando que motivos pessoais e a falta de autonomia na equipe foram os motivos principais da decisão.

“Já em 2015 havia planejado me afastar definitivamente do Football em 2018. Chegado 2018, questões pessoais confirmaram essa previsão. Família, empresas, investimentos financeiros. Meus projetos pessoais hoje precisam de prioridade.

Havia uma pequena possibilidade de eu estender até 2019 para levar a evolução da equipe mais adiante. Porém alguns quesitos esportivos me fizeram desistir da ideia (…)

Decidi que 2018 seria realmente o último ano quando eu pedi uma mudança na Coordenação da Defesa e não fui atendido, sendo que uma das condições da minha volta para a equipe em 2018 (após em 2017 terem destruído tudo que montei em 2016, perdendo toda a estrutura e os melhores jogadores) era ter autonomia para montar todos os setores da equipe. Avisei os jogadores que seria meu último ano antes mesmo do término da temporada”.

> Confira todas as informações do Corinthians Steamrollers em nossa página especial

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 10 de Outubro
Próximo artigoFA Catarinense disputa o Troféu Gustavo Kuerten
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here