Predadores e Arsenal se enfrentam com papeis invertidos

1
239
Predadores recebe Arsenal em Campo Grande neste domingo, 19 de agosto Foto: André Fotografia

Um time bicampeão nacional, bicampeão estadual, bastião e “fundador” do futebol americano na Conferência Centro-Oeste. Uma equipe nova, de um estado de não muita tradição no esporte, mas que já conquistou um vice-campeonato da Liga Nacional. Comparando currículos, mesmo fora de casa, o Cuiabá Arsenal deveria ser considerado favorito em um encontro contra o Campo Grande Predadores. Deveria. Mas o momento das equipes indica o contrário.

“Continuamos vivos”

O Cuiabá Arsenal vem de duas derrotas na BFA, sendo a última, digna de registro: os 62 a 6 contra o Tubarões do Cerrado no Distrito Federal foi a pior derrota da história de um dos times mais tradicionais do esporte nacional.

A equipe está ciente da situação e ao mesmo tempo ansiosa para entrar em campo e reverter o 0-2 na Conferência Centro-Oeste: “Não tem como fugir de um início ruim como tivemos esse ano. Começar 0-2 não é um indício de uma boa temporada. Mas esse tipo de ‘problema’ só se resolve no campo. Nosso trabalho segue firme e estamos confiantes de que continuamos vivos na luta pelos playoffs desse ano. Só há um jeito de reverter um quadro como esse: entrar em campo e executar o plano de jogo melhor do que o nosso adversário. Continuamos vivos e domingo temos outra chance de revertermos esse quadro”, explicou o head coach Denevaldo Júnior.

Os jogadores também estão em sintonia com o comandante, como indica o capitão e linebacker Igor Mota: “Vamos para o jogo em Campo Grande sabendo que é um decisivo para os playoffs da Conferência. Quem vencer tem grandes chances de classificar em 4º lugar. Treinamos para isso e nosso próximo objetivo é vencer esse jogo, e depois pensar no próximo passo”.

Favoritismo sul-matogrossense

O Campo Grande Predadores tem uma vitória (W.O. contra o Goiânia Rednecks) e uma derrota (para o Sorriso Hornets). Mesmo na derrota, a equipe apresentou um forte jogo coletivo, que não virou a partida perdida por 17 a 13 fora de casa por detalhes.

“Contra o Hornets acabamos cometendo muitos erros que fizeram a diferença no fim do jogo. A lição que fica é que não podemos mais perder para nós mesmos”, explicou o quarterback e head coach Edson Albuquerque.

Sobre o favoritismo, Albuquerque simplesmente assumiu a condição, mesmo diante do tradicional Arsenal: “Com certeza. Estaremos em casa, sem nenhum desfalque, e com a torcida apoiando. Nós temos a obrigação de vencer esse jogo!”.

> Confira agenda, resultados e classificação da Conferência Centro-Oeste da BFA

Serviço: Campo Grande Predadores x Cuiabá Arsenal – BFA

Onde: Estádio Jacques Luz – Campo Grande

Quando: Domingo, 19 de agosto, às 14h

Ingressos: R$ 10,00

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPetroleiros x Scorpions: duelo de potiguares em Mossoró
Próximo artigoRex vira em Santa Maria em nova tarde de running backs
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here