Mariners faz suspense sobre quarterback diante do Petroleiros

1
529
Guilherme Massa, agora com 19 anos, foi destaque da 2ª divisão do Pernambucano em 2017, quando o Mariners usou sua versão de desenvolvimento naquela divisão do Estadual Foto: Facebook Recife Mariners

O Recife Mariners começou bem a sua caminhada na BFA em 2018. Sem poder contar com o seu grande reforço, o quarterback Jake Schimenz, o time foi para Salvador encarar o forte Cavalaria 2 de Julho sob o comando do jovem Guilherme Massa, de apenas 19 anos. O jogador, que foi destaque do time de desenvolvimento na 2ª divisão do estadual de 2017, correspondeu e o time venceu na Bahia.

Agora, Jake Shimenz tem condições de jogo, mas não foi garantido pelo head coach Lucas David como titular na partida deste domingo contra o UFERSA Petroleiros, em Olinda. “Saber que Massa está pronto pra comandar o ataque é ver que a preparação feita no primeiro semestre valeu a pena. Guilherme foi eleito o melhor quarterback da 2ª divisão do Pernambucano em 2017, jogando pelo Mariners Development. É ver que todo o esforço que ele coloca na sua própria preparação é recompensado”, analisou Lucas.

Mariners favorito?

Jogando fora de casa e com uma dura derrota diante de outro favorito aos playoffs na Conferência Nordeste, o Petroleiros vai a Recife ciente das dificuldades: “Perder o jogo da semana 1 (contra o Ceará Caçadores), do jeito que foi, sem produção ofensiva, foi um balde de água fria nas nossas pretensões. Tivemos muito a corrigir nessas duas semanas agora é tentar colocar em prática domingo contra o Mariners”, declarou o head coach Armando Gomes.

Armando vê as duas partidas iniciais difíceis como algo que pode fortalecer a equipe: “Ter schedule mais difícil fortalece o time, eleva a qualidade técnica. Em contrapartida, cada derrota diminui exponencialmente as nossas chances de playoffs, tendo em vista que nosso adversário direto a vaga no playoff, o Bulls, tem a schedule teoricamente mais fácil desse ano por ter tido uma campanha desastrosa na temporada passada”, analisou Armando.

Mesmo sendo apontado como um difícil adversário e jogando em casa, Lucas David não vê o Mariners como favorito à partida: “Desde 2014, Mariners e Petroleiros fazem jogos duros. Desde então, o Petroleiros bate na trave para ir aos playoffs da Conferência. Seria leviano de minha parte entrar no jogo me considerando favorito. O coach Armando está voltando de uma temporada nos RICC Knights, no Canadá, e seus times sempre apresentam muita consistência na forma de jogar”, ponderou o recifense.

Confrontos

Os confrontos entre Mariners e Petroleiros, no entanto, não apontam para um equilíbrio. Foram três jogos e nenhum ponto para os potiguares, que somente em 2014 perderam por uma posse de bola. Nos outros confrontos (2015 e 2016), a vantagem recifense foi grande.

> Saiba mais sobre a Conferência Nordeste da BFA

Serviço: Recife Mariners x UFERSA Petroleiros – BFA

Quando: Domingo, 5 de agosto, às 14h

Onde: Estádio Grito da República, em Olinda

Ingressos: Saiba mais nas mídias sociais do Mariners

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTubarões estreia em 2018 no clássico do Centro-Oeste
Próximo artigoApós estreia difícil, Tropa Campina recebe o Bulls
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here