Istepôs recebe Crocodiles e tenta superar tabu

1
202
O Istepôs terá uma difícil tarefa diante dos visitantes curitibanos. Foto: Geraldo Takanage/Overtime do FA

O São José Istepôs recebe o Coritiba Crocodiles neste Domingo (05) pela segunda rodada da Conferência Sul da BFA, com uma missão difícil pela frente: acabar com um tabu que já dura sete anos e ganhar da equipe paranaense pela primeira vez.

A história dos confrontos começou em 2011 em uma partida válida pela antiga LBFA (Liga Brasileira de Futebol Americano). Desde então, já são oito partidas e os curitibanos saíram vitoriosos em todas as ocasiões.

Quebrando (ou não) o tabu

Os Head Coaches das duas equipes tem pensamentos muito parecidos em relação ao tabu e no que ele pode influenciar os atletas: “O fato de nunca termos vencido o Crocodiles não influencia no gameplan. Não trazemos para campo sentimentos sobre o que aconteceu em jogos passados, pois para ganhar a partida que estamos disputando precisamos estar 100% focados e concentrados nela, com o único objetivo de vencer”, contou Petherson Silveira, do São José Istepôs.

Já para Fernando Alves, do Crocodiles, é como se fosse a primeira partida entre os times: “Acredito que o fato de nunca ter perdido pro Istepôs não atrapalha o psicólogico dos nossos atletas. Nosso foco não está no que já fizemos, mas aonde queremos chegar. Por isso, quando enfrentamos um adversário, estamos olhando e estudando ele como se fosse a primeira vez, porque nesse ano vai ser. Já enfrentamos o Istepôs várias vezes, mas nunca esse Istepôs, com esse elenco e esquema tático, então é nisso que precisamos nos concentrar agora”.

Estreias diferentes na BFA

Na primeira rodada da BFA, as duas equipes tiveram estreias bem diferentes. O Croco reencontrou o adversário da final estadual, o Paraná HP, e venceu os rivais por 21 a 00. Já o Istepôs viajou até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Santa Maria Soldiers. A defesa, conhecida por não sofrer muitos pontos, acabou cedendo e os catarinenses perderam por 49 a 14 em uma bela partida do quarterback gaúcho Douglas Rodrigues.

> Confira tabela, agenda e classificação da Conferência Sul

As chaves para a vitória

Para Petherson, a chave para conseguir ter um desempenho é não cometer erros e entregar a bola para a equipe adversária: “Será o nosso primeiro jogo em casa na BFA esse ano e esperamos sair vitoriosos. Sabemos que o Crocodiles é uma grande equipe e está ainda mais forte que ano passado. São dois adversários que se conhecem muito bem, portanto vai ser um jogo muito duro, pegado do começo ao fim. Temos em mente que precisamos melhorar muito, especialmente na batalha de turnovers, que foi determinante para nossa derrota na última partida”.

Pelo lado do Coritiba Crocodiles, Fernando espera uma adequação ao estilo de jogo do adversário: “A expectativa é de um jogo sempre muito duro. O Istepôs é um time muito intenso e que sabe jogar duro. Várias peças mudaram no elenco e precisamos nos adequar a algumas mudanças do jeito de jogar deles.

Serviço: São José Istepôs x Coritiba Crocodiles – BFA

Quando? Domingo 05/08

Horário: 14:00

Local: Colégio Foquilhão, São José/SC

Clique aqui para mais informações sobre o evento que terá os portões abertos as 11:00.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here