De “Finex”, Storm vence Corinthians pela BFA

2
237
O running back assumiu o protagonismo do jogo corrido no Storm e fez dois touchdowns no clássico contra o Corinthians Foto: Victor Francisco / Salão Oval

O décimo clássico entre São Paulo Storm e Corinthians Steamrollers terminou com o sexto triunfo da tempestade azul no confronto geral. Foi uma vitória apertada, de fininho, com dois lindos touchdowns do running back Finex, que assumiu o protagonismo do jogo corrido do Storm nesta partida que marcava a estreia dos dois paulistas na BFA.

O 20 a 19 deste domingo (29) sobre o Corinthians impulsiona o Storm para uma difícil competição nacional, como havia apontado o head coach Lucas Cisneiros na prévia: “Clássico é clássico. Sabemos que quem vence um jogo desse na estreia do Campeonato Brasileiro sai credenciado para brigar por coisas grandes na BFA”.

O jogo

O Corinthians começou bem nos special teams. Após punt e erro do Storm, o alvinegro recuperou a bola e já posicionou seu ataque na jarda 30 do campo adversário. Em bonito passe do jovem quarterback Igor Rivelles para Rodrigo Brown dentro da endzone, o Steamrollers fez 7 a 0 após a conversão do extra-point.

A campanha de reação do Storm começou com uma bonita interceptação do talentoso defensive back Leonardo Trivelatto. Com a campanha liderada por Finex ainda no primeiro quarto, o Storm marcou seu primeiro touchdown no segundo, no passe do quarterback Cauê para Henderson. A falha no extra-point deixava o Corinthians ainda na frente – 7 a 6.

Após um período de grande predomínio defensivo na partida, o Storm chegou até as portas da endzone corinthiana. Mas um fumble sofrido por Cauê acabou com as esperanças do time azul em pontuar naquela campanha. A posição de campo, no entanto, deixou o ataque do Corinthians vulnerável a um safety, que acabou sendo inevitável diante da pressão da defesa do Storm – 8 a 7 e fim do segundo quarto.

A segunda metade da partida foi mais aberta e onde os ataques, e principalmente, Finex, brilharam. Com a lesão de Alan Giamas, MVP da SPFL, o protagonismo do jogo corrido do Storm caiu sobre o camisa 32, que correspondeu no clássico. Em uma linda corrida de 63 jardas, o running back ampliou a vantagem do Storm para 14 a 7 – xp não convertido.

O Corinthians fez o que de melhor poderia acontecer para si, respondendo com um touchdown ainda mais bonito. O wide-receiver Vitor Flausino recebeu passe de Rivelles e correu praticamente todo o campo para diminuir a vantagem do Storm para um ponto: 14 a 13, já que o Corinthians também não converteu seu extra-point.

O jogo continou aberto e Finex fez mais um para o Storm, novamente sem a confirmação do ponto-extra: 20 a 13 Storm.

O último quarto foi marcado por faltas e erros de execução das duas equipes. O fato notável foi o touchdown do Corinthians, que decretou o placar final em 20 a 19. Primeiro, a marcação da arbitragem foi um fumble recuperado pelo Storm na linha da endzone. Mas depois, a revisão deu o touchdown para a corrida do quarterback Igor Rivelles.

Próximos jogos

O Storm terá como próximo desafio o Vasco Patriotas, atual vice-campeão carioca. Já o Corinthians Steamrollers voltará a campo contra os atuais campeões paulista da Portuguesa, em jogo que será realizado no Parque São Jorge.

> Confira a agenda e resultados da Conferência Sudeste da BFA

> Guia da BFA – Sudeste

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm jogo entre campeões, Flamengo leva a melhor na BFA
Próximo artigoCebola e Tomás comentam vitória e papeis no Flamengo Imperadores
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here