Cobra coral oval: Pirates agora é Santa Cruz

3
753
A parceria entre Pirates e Santa Cruz é a 25ª entre FABR e futebol em atividade no País Arte: Santa Cruz Pirates

Uma das torcidas mais apaixonadas (e apaixonantes) do futebol brasileiro agora vai poder também vibrar com o futebol americano. Depois de alguns meses de namoro sério, hoje foi firmado o casamento entre o Recife Pirates e o Santa Cruz Futebol Clube para criar o Santa Cruz Pirates.

“Agora estamos sob o manto de um clube centenário, uma instituição forte que está oferecendo um apoio importante. A atual gestão, na pessoa do presidente Tininho, tem o olhar no futuro e sabe do crescimento exponencial do Futebol Americano nacional, que vem aumentando ano a ano. O Santa Cruz abraça esse projeto e o Pirates está entrando de corpo e alma para representar o escudo tricolor. Não se trata de uma simples parceria, é algo bem maior que isso”, explica o presidente do time de futebol americano, Beto Guerra.

O Pirates irá utilizar as estruturas do Santa Cruz Futebol Clube e somar esforços no marketing para angariar mais patrocínios. “Não estamos implicando em gastos, inclusive estamos trazendo novas receitas ao Santa Cruz, repassando parte do lucro obtido com venda de nossos materiais. Além disso, trabalharemos com patrocínios externos direcionados especificamente ao projeto”.

Objetivos para 2018

Tradicional equipe do futebol americano nordestino, o Recife Pirates ficou em último na Conferência Nordeste em 2017 e acabou rebaixado para a Liga Nordeste. Por isso, a volta à elite é tratada como prioridade máxima.

“Nosso maior objetivo em 2018 é vencer a Liga Nacional para recuperar nossa posição na BFA. Para isso, estamos trabalhando firme para qualificar nossa comissão técnica e elenco. Estamos resgatando não apenas o prazer em jogar futebol americano, mas principalmente o prazer em nos prepararmos para jogar futebol americano”, explicou Guerra.

O time vai jogar no Arruda? 

Segundo o presidente do time, Beto Guerra, a equipe mandará seus jogos no Grito da República (em Olinda). Mas a hipótese da bola oval voar em um dos mais tradicionais templos futebol nacional não está descartada. “Quem sabe se, chegando à final da Liga Nordeste não conseguimos realizar o jogo no Mundão do Arruda com o apoio da massa coral para quebrarmos todos os recordes de público do FABR. Mas por hora nossos esforços estão voltados apenas ao desenvolvimento e reestruturação do time”.

Estreia no fim de semana

O Santa Cruz Pirates já terá a chance de arrastar a torcida Cobra Coral para uma partida neste próximo final de semana, quando estreia na Liga Nordeste contra o Olinda Sharks.

> Saiba mais sobre a agenda de jogos do Pirates e da Liga Nordeste

Parcerias FABR + Futebol

A entrada do Santa Cruz no mundo do futebol americano é a 25ª deste tipo no Brasil e a única em atividade em Pernambuco no momento.

Seguindo a lista, outros nove estados contam com times de futebol americano ligados ao futebol: Galo Futebol AmericanoAmérica Locomotiva (Minas Gerais  Flamengo ImperadoresBotafogo ReptilesVasco PatriotasFluminense Guerreiros (RJ), Botafogo ChallengersInter de Limeira Tomahawk, Guarani Indians, Ponte Preta Gorilas, Corinthians SteamrollersPortuguesa FAPalmeiras LocomotivesSantos Tsunami (SP), Coritiba Crocodiles, Batel Darkwolves (PR), CSA Guerreiros (AL), Paysandu Lobos, Remo Lions (PA), Manaus Broncos (AM), Operário Gravediggers(MS), Ipatinga Tigres (MG), Juventude FA e Cruzeiro Lions (RS).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 21 e 22 de Julho
Próximo artigoCorsários anuncia reforço para disputa da Pick Six
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here