Playoffs Catarinense: T-Rex e quem mais?

0
657
O T-Rex, do quarterback Bassani (#7), é o único que já está nas semifinais. Foto: Camila Peixer / Facebook T-Rex

O final da fase regular de campeonatos sempre colocam fãs e imprensa com a calculadora na mão, por vezes, literalmente. A rodada final da fase regular do Campeonato Catarinense é neste final de semana. E as duas partidas podem mudar o destino de cinco dos sete participantes da 13ª edição de um dos mais tradicionais torneios estaduais do Brasil.

Vamos saber o que cada participante pode esperar do seu destino em busca de uma das quatro vagas para as semifinais.

> T-Rex (3-0): o atual tricampeão já está classificado, independente do resultado do clássico contra o Istepôs neste sábado. No entanto, pode perder o seed 1 dependendo de alguns cenários.

Jogo restante: vs. Istepôs

Classificado com seed 1: caso vença o Istepôs

Classificado com seed 2: caso perca do Istepôs

Classificado com o seed 3: caso perca para o Istepôs e o Black Hawks vença o Corupá – Rex, Istepôs e Hawks ficariam todos com 3-1 e com vitórias e derrotas recíprocas (Rex teria ganho do Hawks e perdido para o Istepôs; o Istepôs teria perdido para o Hawks e vencido o Rex; e o Hawks perdeu para o Rex e venceu o Istepôs).

Neste caso, o número de pontos sofridos definiria a ordem dos três times nas semifinais, algo só possível de saber após a definição da fase regular.

> Confira o regulamento do Campeonato Catarinense

> Jaraguá Breakers (2-2): já sem jogos para realizar, o tradicional time de Jaraguá do Sul sofreu 53 pontos na fase regular. O fato dá vantagem ao Breakers no critério desempate de pontos sofridos contra o Itajaí Dockers (60 pontos). Mas a equipe ainda fica em desvantagem em relação ao Istepôs (22), Buffalos (28) e Hawks (30), todos com jogos a realizar na última rodada.

Classificado para as semifinais: com vitórias de Rex e Hawks na última rodada – e vários outros cenários, dependendo se os pontos sofridos forem menores que dos outros times com campanha 2-2

Desclassificado: Rex derrotado pelo Istepôs e Hawks derrotado pelo Corupá, com as equipes tendo sofrido menos de 60 pontos no campeonato (desta forma, Istepôs, Rex, Hawks e Corupá passariam)

> Itajaí Dockers (2-2): o time tem uma situação parecida com a do Breakers, mas ainda mais complicada, já que as chances de classificação dependem dos outros times terminarem a fase regular com mais pontos sofridos que o Dockers (60)

Classificado para a semifinal com o seed 4: com vitórias de Rex contra o Istepôs (28 pontos sofridos) e do Hawks (30 pontos sofridos) sobre o Corupá (41 pontos sofridos) ou do Corupá sobre o Hawks que provoquem mais pontos sofridos que os do Dockers (60).

Desclassificado: quaisquer outros cenários que não sejam o especificado acima.

> Black Hawks (2-1): o time que mais evoluiu no estado nos últimos dois anos tem uma última partida na fase regular. Com a vitória, a passagem para as semifinais estará garantida.

Jogo restante: vs. Corupá Buffalos

Classificado como seed 1: com derrota do Rex para o Istepôs e com os dois times com mais pontos sofridos que o Black Hawks (30).

Classificado como seed 2: com vitória sobre o Corupá e derrota do Istepôs para o Rex

Classificado como seeds 3 ou 4: derrota para o Corupá Buffalos e se o número de pontos sofridos for o melhor ou o segundo melhor entre as equipes empatadas com campanhas 2-2

Desclassificado: derrota para o Corupá Buffalos e se o número de pontos sofridos for o pior (ou o segundo pior, em caso de derrota do Istepôs para o Rex) entre as equipes empatadas com campanhas 2-2

> Istepôs (2-1): o clássico contra o Rex no sábado é chave para o time de São José passar diretamente para as semifinais ou ter que fazer contas para saber se está desclassificado ou não.

Jogo restante: vs. Rex

Classificado em primeiro lugar: com vitória sobre o Rex e derrota do Hawks sobre o Corupá. Em caso de vitória do Hawks sobre o Corupá, o número de pontos sofridos entre os três empatados com campanhas 3-1 será determinante para saber a colocação dos três.

Classificado com seed 2, 3 ou 4: derrota para o Rex e contas para saber se o saldo depois da derrota é menor que os outros times que terminarem com campanhas 2-2.

Desclassificado: derrota para o Rex levando mais de 38 pontos e vitória do Hawks sobre o Corupá. Uma derrota para o Rex por mais de 38 pontos ainda pode classificar o time mesmo se o Corupá vencer o Hawks, mas ambos os times fizerem pontos suficientes para ainda assim terem sofrido mais pontos que o Istepôs na fase regular.

> Corupá Buffalos (1-2): só uma vitória sobre o Black Hawks sem levar mais que 25 pontos do adversário garante a passagem do Corupá para as semifinais. Desta forma, o time deixaria para trás Breakers (53 pontos tomados) e Dockers (60) no critério de pontos sofridos.

Jogo restante: vs. Black Hawks

> Tubarão Predadores (0-4): o time estreante na competição é o único sem chances de passar para as semifinais

> Confira nossa página especial sobre o Campeonato Catarinense 2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here