Atlético vira campeão brasileiro com título do Cruzeiro

4
1145
Coletiva de imprensa no Atlético Mineiro, com presença do diretor-executivo do Atlético Mineiro, Bebeto de Freitas, e o presidente do Galo FA, Wesley Oliveira Foto: Victor Francisco

Sim, pode parecer estranho, mas foi exatamente isso que foi oficializado nesta terça-feira em coletiva de imprensa na famosa Cidade do Galo. A atual equipe campeã brasileira de futebol americano, que conquistou o título de 2017 de forma invicta ao derrotar o João Pessoa Espectros na Arena Independência com a alcunha de Sada Cruzeiro, é agora Galo Futebol Americano.

A dança das cadeiras

No início deste ano, o Cruzeiro passou por novas eleições e um novo grupo político assumiu o gigante azul do futebol mineiro. A nova diretoria da Raposa resolveu não renovar com a Associação Atlética BH Eagles (nome oficial da equipe patrocinada pela Sada) e acampou o Juiz de Fora Imperadores, que agora é conhecido como Cruzeiro Imperadores.

> Entenda a saída do Cruzeiro da parceria com o Sada Eagles

Sem a renovação com o Cruzeiro, o Sada Eagles fechou a parceria com o Atlético Mineiro de forma bastante rápida, completando o trio dos times de futebol de Belo Horizonte que também tem equipes de futebol americano – além do Cruzeiro Imperadores (sitiado em Juiz de Fora), há também o América Locomotiva.

Quebra de paradigmas

Não bastando o ineditismo da manchete, em que o Atlético Mineiro herda um título conquistado por seu maior rival, a parceria do Sada Eagles com o Galo quebra outros paradigmas. O primeiro é que esta será a primeira vez que a empresa de logística patrocinará o alvinegro de Belo Horizonte; o segundo é que depois de nove anos, o Atlético Mineiro terá uma equipe de um esporte coletivo diferente do futebol (a última foi o futsal).

“Estamos fazendo uma parceria histórica por ter vários fatores inéditos e que será marcante em Minas Gerais e até para o esporte no Brasil todo”, explica Wesley Oliveira, presidente do agora Galo Futebol Americano, cuja parceria está assinada por três anos.

“Apesar da situação do mercado brasileiro, chegar uma equipe já estruturada, com patrocínio e campeã brasileira, era uma oportunidade que não poderíamos perder”, afirmou Bebeto de Freitas, diretor executivo do Atlético Mineiro.

Reforços

Na coletiva, foram anunciados novos reforços para o time: além da confirmação de Lex Braga como head coach (coordenador defensivo campeão brasileiro em 2017), chegam os americanos Paul Morrant/DB (para o lugar de Clinton Greenaway III, próximo de acertar com o Cruzeiro Imperadores) e Parris Lee, running back.

Também chega para a equipe o coordenador ofensivo Edin O’Sullivan, americano com experiência na Irlanda (seleção sub-20), Polônia, Alemanha, Áustria e Brasil, tendo trabalhado com junto com Dan Levy (ex-head coach Sada Cruzeiro).

Estreia no Campeonato Mineiro

O Campeonato Mineiro já começou, com a vitória do Zebus sobre o Miners fora de casa. A estreia da equipe do Galo Futebol Americano será no dia 17, contra o estreante Nova Serrana Forgeds.

> Saiba mais sobre a maior edição do Campeonato Mineiro

> Veja a tabela e agenda do Campeonato Mineiro 2018

Parcerias FABR + Futebol

A entrada do Atlético Mineiro no mundo do futebol americano é a 25ª deste tipo no Brasil. A lista conta com os outros dois grandes times de Minas (Cruzeiro Imperadores e América Locomotiva), o que promete atrair mais interessados no esporte, assim como mais atenção da mídia mineira.

Seguindo a lista, outros oito estados contam com times de futebol americano ligados ao futebol: Flamengo Imperadores, Botafogo Reptiles, Vasco Patriotas, Fluminense Guerreiros (RJ), Botafogo Challengers, Inter de Limeira Tomahawk, Guarani Indians, Ponte Preta Gorilas, Corinthians Steamrollers, Portuguesa FA, Palmeiras Locomotives, Santos Tsunami (SP), Coritiba Crocodiles, Batel Darkwolves (PR), CSA Guerreiros (AL), Paysandu Lobos, Remo Lions (PA), Manaus Broncos (AM), Operário Gravediggers (MS), Ipatinga Tigres (MG), Juventude FA e Cruzeiro Lions (RS).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlacar FABR – 10 e 11 de Março
Próximo artigoBrasileiros na Turquia: “É uma responsabilidade representar o Brasil”
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

4 COMENTÁRIOS

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Aêeeeeeeeeee fran6as, conseguiram um título. Parabéns. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here