“Temos que desenvolver o jogador para o amanhã, não só para ganhar um jogo”

0
68

Bruno Barandas expôs várias de suas experiências vividas nos EUA, tanto na Division I, em seu Georgetown, quanto na Seleção sub-19 americana, um feito inédito para um estrangeiro. Sua primeira medida, no Brasil, foi anunciar um pacote de 30 reforços para o Vasco Patriotas, algo que repercutiu em debates pelas mídias sociais e também no Congresso Brasileiro de Futebol Americano.

Para o treinador, um roster grande permite mais repetições, menos acomodação dos titulares e que permite atingir o objetivo dos treinos, que é desenvolver os jogadores para o futuro. Confira a entrevista para mais temas e opiniões do experiente treinador.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here