Fluminense Cariocas busca o tricampeonato nacional

Bicampeãs brasileiras e presentes em todas as finais, as meninas do Cariocas lutam por mais um título no próximo sábado, contra a sempre rival Big Riders, ex-equipe do Vasco.

0
133
Na primeira fase, as Cariocas venceram as rivais por apenas um ponto de diferença (24x23). Foto: Jayson Braga

O tradicional Estádio do Olaria Atlético Clube recebe no próximo sábado, dia 09 de dezembro, a final do Campeonato Brasileiro de futebol americano feminino, que será mais uma vez disputada pelas duas equipes do Rio de Janeiro: Fluminense Cariocas e Big Riders – que no ano anterior defendia o escudo do Vasco da Gama. Invicta no torneio, mas com problemas internos no clube e muitas atletas lesionadas, o Fluminense, ainda assim, acredita que vai para conquistar o tricampeonato.

“Estamos confiantes de que podemos vencer mais essa final e é isso que queremos. Lutamos muito para chegar até aqui, 2017 foi um ano cheio de contratempos e, agora, perto da final, ainda estamos com duas atletas muito importantes lesionadas, mas vamos com tudo pra levar esse troféu pra casa.” – conta Vanessa Yorio (Tchutchu), presidente do Fluminense Cariocas.

Invictas até então, as meninas do Tricolor são as favoritas, ganharam inclusive do próprio Big Riders durante a fase classificatória. Mas não foi um jogo fácil, a diferença foi de apenas um ponto no placar, que marcou 24 x 23, o suficiente para coloca-las como as primeiras no ranking do grupo da morte. Mas apesar de rivais e de sempre fazerem jogos disputadíssimos, o Cariocas detém dois títulos de campeão enquanto o Big Riders não possui nenhum título até hoje.

“Na verdade, o único jogo que já perdemos na vida foi a final do ano passado (2017), quando tivemos que viajar para Sinop-MT, para disputar contra o time de lá. Como é muito caro e difícil voar pra lá – quatro jogadoras, inclusive, foram de carro –, muitas das nossas melhores atletas não puderam ir, incluindo a quarterback e, fora o desgaste da viagem, isso ajudou a fazer com que perdêssemos o jogo. Esse ano fomos disputar a semifinal lá e também foi um perrengue, fomos com apenas 16 meninas (eram 18, mas 2 tiveram seus vôos cancelados), mas dessa vez, com mais planejamento e apoio de uma escolinha de Futebol do Flu em Sinop, levamos as mais fortes. Assim, conseguimos sair com a vitória.” – complementa Vanessa.

Em 2018 a competição foi disputada no sistema de chaves, classificando as duas melhores equipes de cada chave para as semifinais e as vencedoras das disputas para as finais. Fluminense e Big Riders eram do mesmo grupo e se enfrentaram durante essa fase, mas com atletas bastante experientes no esporte, ambas ganharam dos times da chave adversária e se classificaram para a final, o que mostra a força que o Rio de Janeiro, pioneiro, ainda mantém no esporte.

Mas nem tudo são flores. Apesar de a equipe representar o clube Fluminense F.C. e estar na final, o estádio das Laranjeiras (ou o campo de Xerém) não foi liberado pela diretoria para que as meninas pudessem usar. Nem esse currículo invejável de vitórias da equipe do Cariocas foi suficiente para que o clube Fluminense apoiasse as atletas. E o descaso do clube não é com o esporte, pois a equipe masculina teve 4 mandos de campo no Estádio, parece ser mesmo com o gênero feminino. Será que o clube do pó-de-arroz não gosta de ganhar títulos?

Depois de quase perder a final de w.o. por falta de campo, as atletas resolveram alugar o estádio da Rua Bariri, para mandar o jogo, ainda que sem apoio algum do clube tricolor, e fazer uma Vakinha online para ajudar a pagar os gastos. Porém, nada é capaz de abalar a garra e a confiança destas “guerreiras”, que garantem que isso só aumenta a vontade de conquistar mais esse título.

“Seja em Laranjeiras, em Olaria, em Sinop, nada vai nos tirar a vontade de vencer, pois a conquista não pertence ao clube, mas sim as atletas. Queremos conquistar de volta o nosso título de campeã. E esperamos que a torcida esteja conosco nessa luta, ainda que o jogo esteja mais distante do que estão acostumados.”

O que se pode esperar é um jogão feminino da melhor qualidade, digno de final, com atrações no intervalo e muita emoção. Para quem quiser comparecer ao Estádio, os ingressos estão sendo vendidos por R$10,00.

Serviço

Campeonato Brasileiro de Futebol Americano Feminino
Final: Fluminense Cariocas x Big Riders
Local: Estádio Olaria Atlético Clube – Rua Bariri, 251
Hora: 15h
Ingresso: R$ 10,00
Informações: www.facebook.com/events/386982248399809

Texto: FP SPORTS Assessoria

> Confira o panorama dos playoffs da Campeonato Brasileiro Feminino 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here