Biel e Bruno Rocha comentam a vitória do Brasil

0
152
Grandes técnicos ou técnicos grandes? Para Gabriel Mendes e Bruno Rocha, as duas afirmações são verdadeiras.

O Brasil ganhou da Argentina de 38 a 00 e garantiu uma vitória histórica no Mineirão, inaugurando uma nova rivalidade esportiva entre os países. Nos meandros da partida, chuva e ansiedade foram maiores adversários do que a Seleção do país vizinho. Confira algumas das opiniões colhidas logo após a partida de dois membros da comissão técnica do Brasil Onças.

Gabriel Mendes, Head Coach da Seleção Brasileira

“A Chuva atrapalhou bastante. Nos preparamos no training camp para impormos o ritmo, mas não conseguimos executar como queríamos. Chegou aqui não conseguíamos segurar a bola por conta da chuva, viramos praticamente um time só de corrida, pois o jogo aéreo ficou bastante prejudicado. Mas não podemos colocar toda a culpa na chuva. Houve erros mentais, como alguns holdings, que podem ser colocados na ansiedade e entrosamento. Mas o saldo geral foi muito positivo, não só do jogo como do evento em si e ganhar da Argentina é sempre muito bom”.

Bruno Rocha, Coordenador de Running Backs

“Por conta da condição de jogo, encaixamos mais corridas do que passes, e não foi mérito só dos running backs, mas mérito do time todo: da linha ofensiva que bloqueou muito em um gramado molhado, sem tração; os receivers também bloquearam; os running backs entraram com a bola na endzone, mas quando um marca, todo mundo marca. O Maranhão é um jogador que conheço de perto, desde 2011, que evoluiu muito de lá pra cá, mereceu essa chance e já vem a três temporadas liderando o jogo corrido do Ceará Caçadores, correndo bem no Nordeste, enfrentando defesas cascudas. E mostramos que tem talento no Brasil todo, o Branco que vem da Liga Nacional, vários defensores destruíram no jogo, recrutamos os melhores talentos do País”.

> Confira o compacto de Brasil x Argentina

> Saiba como foi a vitória do Brasil no Mineirão 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPLACAR FABR – 16, 17 e 19 de Dezembro
Próximo artigo“Arrumar a casa” e sub-19 serão as prioridades da CBFA em 2018
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here