Jaraguá Breakers vence por um ponto e garante acesso à BFA

0
130
Foto: Cacá Constantinov

Após uma temporada inteira longe dos gramados e um 2017 marcado por reestruturação, o Jaraguá Breakers, único campeão nacional fora da BFA desse ano, venceu o Black Hawks por 21×20 e após seis jogos invictos, conquistou o título de sua conferência e o acesso à BFA em 2018.

O jogo

A partida foi marcada do começo ao fim por inciativas terrestres, a maioria delas bem sucedidas. O excesso de jogadas corridas foi resultado, não só da forte chuva que caiu antes do jogo e durante parte do primeiro tempo, mas também do bom trabalho das duas linhas ofensivas.

Com isso, dois running backs foram os grandes destaques por cada uma das equipes. Pelo time da casa, o atleta Giovane “Buiu” Takanage, integrante de uma das mais tradicionais famílias do FABr e considera já há alguns ano, uma promessa do futebol americano catarinense.

Pelo lado de Gaspar, que se sobressaiu foi o americano Damian Johnson, vindo de Joinville e um dos grandes responsáveis pela grande temporada do Black Hawks.

Quem começou melhor foi o Breakers, que com algumas corridas e muitas faltas dos visitantes, logo chegou a endzone. Buiu recebeu o handoff e com uma corrida curta anotou os primeiros seis pontos do jogo. José Castilho converteu o ponto extra.

Na primeira campanha do Hawks, o quarterback Leandro Carraro sofreu com a defesa adversária, sendo sacado duas vezes. Mesmo assim, o mesmo se redimiu e após alguns avanços, Carraro atravessou a linha defensiva e marcou seu primeiro touchdown. Ponto extra convertido e 7 a 7 no placar.

Já no segundo quarto, o time de Jaraguá teve a oportunidade de voltar a liderança e após um three-and-out teve que ir para o punt. Após o chute, o retornador dos Hawks tocou na bola mas não conseguiu agarra-la. O time especial do Breakers aproveitou o erro, recuperou a bola e marcou o touchdown. Ponto extra bloqueado, mas vantagem dos donos da casa. 13 a 07.

No meio do segundo período, o time de Gaspar conseguiu uma nova campanha positiva e explorando melhor o jogo aéreo, Carraro conectou o WR Lucas Oliveira “Gillette” em um passe de 25 jardas para virar o jogo. Ponto extra convertido e Black Hawks a frente do placar.

Após o intervalo, o poderio defensivo de Jaraguá começou a aparecer e foi essencial na segunda metade do jogo. Depois de um bom avanço do QB adversário, o mesmo sofreu com um snap ruim na jogada seguinte e durante um sack, acabou soltando a bola. O time Breakers recuperou a bola, e Buiu encontrou novamente a endzone para seu segundo TD. O running back também converteu uma tentativa de dois pontos, abrindo uma vantagem de sete no marcador.

No último quarto o QB também foi interceptado por Everton Gnewuch. Com mais uma posse em mãos, o Breakers não conseguiu o avanço e foi novamente para o punt, mas dessa vez a sorte mudou de lado. Chute bloqueado e touchdown Gaspar. Podendo levar o jogo a uma prorrogação, o kicker dos Hawks também teve seu chute bloqueado, ficando apenas com um ponto de desvantagem no placar.

Antes do fim da partida, os Hawks ainda tiveram um field goal, mas a distância e o forte vento impediu a virada.

Fim de jogo: Jaraguá Breakers 21 x 20 Gaspar Black Hawks

Com a sexta vitória seguida na competição e o título da Conferência Sul, o Breakers volta a elite do futebol americano nacional, após um ano de hiato e uma temporada na divisão de acesso. Além disso, o time carimbou a vaga as semifinais da Liga Nacional e terá pela frente o Juiz de Fora Imperadores, que ainda busca uma vaga na BFA para 2018.

> Confira o panorama dos playoffs da LNFA

 

Entrevistas Pós-Jogo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here