Fechando playoffs, Rex e Croco agora jogam “para valer”

0
69
A partida entre os dois bicampeões brasileiros promete ser disputada, valendo a última vaga para as finais de Conferência da BFA. Foto: Elisa Richter

T-Rex e Crocodiles repetem a última partida da fase regular da BFA, que foi encarada por ambas equipes como um “treino de luxo”. Agora, com mando invertido, os times se enfrentam em Timbó neste domingo, às 14h30, valendo vaga na final da Conferência Sul da BFA, a última da primeira rodada de mata-mata da competição.

O vencedor irá enfrentar o surpreendente Santa Maria Soldiers, que veio da Liga Nacional para fazer uma campanha quase perfeita até aqui (sendo apenas derrotado, e por um ponto, pelo invicto T-Rex).

Treino é treino; jogo é jogo

A última partida da fase regular serviu para ambas equipes realizarem experiências, o que foi visto de forma positiva por ambas equipes: “Ajudou principalmente a entender o elenco que está apto a participar dos jogos mais difíceis. Não é sempre que podemos nos dar ao luxo de ‘testar’ tão tarde na temporada, e acredito que esse jogo foi essencial nessa questão”, resumiu Fernando Alves, coordenador defensivo do Coritiba Crocodiles.

“O jogo passado foi um jogo um tanto incerto, não queríamos mostrar muita coisa e o Croco também não, já que a partida não iria mudar nada na classificação. Foi um jogo de experiências, começamos com um time misto; erramos em alguns pontos e acertamos em outros”, explicou Breno Takahashi, atual head coach e linha ofensiva do T-Rex.

Mas o que o Crocodiles deve fazer para sair com a vitória desta vez? Fernando Alves respondeu: “Acredito que cometemos alguns erros no time de especialistas que impediram uma reação no final da partida. Claramente existem ajustes nos três lados da bola (ataque, defesa, ST), mas esse foi o nosso maior ponto de atenção nos últimos treinos”.

Mesmo com a vitória por 22 a 12, Breno Takahashi também quer mudanças no T-Rex: “O próximo jogo é diferente, primeiramente pelo fator casa, já que a confiança dos atletas aumenta e também por evitarmos o desgaste de uma viagem. Sabemos, no entanto, que não será um jogo fácil, até porque o Croco conseguiu mostrar que consegue aproveitar alguns de nossos erros e eles vão aproveitar ao máximo para ter um jogo equilibrado. Mas estamos confiantes no que treinamos nas últimas semanas e esperamos executar de forma exemplar no jogo”, explicou.

Bassani (quase) confirmado

O comandante de ataque do time bicampeão brasileiro não tem sorte em jogar em Curitiba contra o Crocodiles. Tanto no ano passado quanto neste ano, saiu lesionado. No entanto, está praticamente confirmado para o jogo dos playoffs deste domingo.

“O Bassani está bem, teve uma lesão leve no joelho. Ele treinou quase que normalmente, tem algumas questões que estavam sendo avaliadas pelo nosso departamento médico, mas esperamos que ele esteja 100% para o jogo”, comentou Breno Takahashi.

Serviço – T-Rex x Coritiba Crocodiles (semifinal de Conferência Sul BFA)

Quando: domingo, às 14h30, no Complexo Esportivo de Timbó

Ingressos: R$ 15 (inteira); R$ 7,50 (meia); R$ 5 (alambrado)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorArgentina conhece o campeão da sua principal Liga
Próximo artigoCrocodiles surpreende e elimina bicampeão T-Rex
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here