Em duelo imprevisível, Caçadores recebem Mariners

0
115
Romário Reis (#17), quarterback do Ceará Caçadores, terá muito trabalho neste domingo. Foto: Assessoria Ceará Caçadores

Se há um confronto absolutamente imprevisível nesta primeira rodada dos playoffs da BFA, as semifinais de Conferência, este é o que irá acontecer em Fortaleza entre os donos da casa, os Caçadores, e os visitantes recifences, os Mariners.

Na primeira partida entre ambos, houve grande alternância de momentum de ambos os lados, mas quem foi mais decisivo foram os cearenses, com grande atuação do wide-receiver Marlos Reis e do defensive back Gilberto Carioca: vitória do Caçadores por 23 a 14.  

O “efeito” Marlos

E justamente o jogado que foi decisivo no ataque do time da casa saiu lesionado com gravidade da Arena Pernambuco na fase regular. Sem Marlos Reis, que fraturou o úmero em Pernambuco, o Ceará Caçadores tenta alternativas para suprir a ausência de seu recebedor protagonista: “O Marlos foi decisivo sim, mas ele não é o game plan, ele faz parte do plano de jogo. Nosso trabalho então vai ser distribuir um pouco melhor a bola, precisamos ser mais agressivos no ataque para suprir o espaço dele”, explicou o head coach Mike Lima.

O head coach do Recife Mariners, o americano Richard Lowrey, também comentou sobre a ausência de Marlos: “É um jogador talentoso e tenho certeza de que o Caçadores gostaria de tê-lo jogando. Os Caçadores ganharam jogos nesta temporada com Marlos e sem Marlos. No entanto, um jogador não determinará quem ganha este jogo. Existem 11 jogadores de cada equipe no campo a qualquer momento. Ambas as equipes vão precisar de todos os 11 jogadores no campo para fazer o melhor possível se quiserem vencer”.

O efeito Alex “A-Train”

“O que não conseguimos fazer no jogo anterior contra o Caçadores foi jogar um jogo completo. Temos de executar os fundamentos desde o início do jogo até o último segundo.. Isso exigirá foco e disciplina de cada jogador”, analisou Lowrey sobre o primeiro confronto deste ano.

E com certeza, quem está ajudando, e muito, o Mariners a executar o plano de jogo nesta temporada é o polivalente americano Alex “A-Train” Allen. Atuando como quarterback e running back, o jogador fez cerca de 50% dos pontos do time azul, com 19 anotações touchdowns.

Quebra de recorde 

Além do espetáculo dentro de campo, jogadores e comissão técnica esperam um grande público. “Ano passado foram quase 3.500 torcedores nos apoiando durante toda a partida. Esse ano a procura está muito boa por ingressos e esperamos quebrar esse recorde de público. Convidamos os admiradores do esporte e todos aqueles que querem aprender mais sobre o esporte que venham prestigiar esse jogo”, destaca Bruno Rocha, presidente do Ceará Caçadores.

Fora de campo, a banda Sulamericana e DJs agitam a torcida durante os intervalos. Além disso, o Mascote Zero12 e a Cheerleaders comandam a festa nas arquibancadas.

Serviço: Semifinal da Conferência Nordeste – Ceará Caçadores x Recife Mariners

Data: 08/10/2017

Local: Estádio Presidente Vargas

Horário: Abertura dos portões – 15h

Com informações da Assessoria do Ceará Caçadores

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEstreando no mata-mata, Cavalaria encara invicto Espectros
Próximo artigoAGENDA FABR: 07 e 08 de Outubro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here