Arsenal recebe Coyotes mirando Brasil Bowl em Cuiabá

0
118
Arsenal e Sinop em partida do estadual deste ano. Foto: Júnior Martins

O clássico mato-grossense da Brasil Futebol Americano terá mais uma edição neste sábado (07) em partida válida pelos playoffs da competição nacional. O Cuiabá Arsenal, invicto ainda no torneio, enfrenta dentro de seus domínios o Sinop Coyotes, equipe que fechou a primeira fase da BFA com uma vitória em quatro jogos.

Neste ano, o clássico já aconteceu em duas ocasiões: uma pela própria BFA, quando o Arsenal venceu o Coyotes pelo placar de 44 a 14, jogando em Sinop; já o outro confronto foi válido pela fase regular do campeonato estadual deste ano, quando os Coyotes viajaram até Acorizal e derrotaram o Arsenal pelo placar de 20 a 14.

Brasil Bowl pode ser em Cuiabá

Com uma temporada regular perfeita, o Arsenal chega a fase final da competição com o bônus de ser mandante no qualificatório da Conferência Centro-Oeste. Além de ser mandante dos jogos dentro da conferência, o Arsenal tem a prioridade de mando da final da competição (se passar da semifinal, que será sediada pelo campeão da Conferência Nordeste).

De acordo com o regulamento da Brasil Futebol Americano, cada ano uma Conferência terá sua prioridade para sediar uma possível final do Brasil Bowl. Para o ano de 2017, as conferências tiveram o rodízio da seguinte forma: (1) Centro-Oeste, (2) Sudeste, (3) Sul e (4) Nordeste.

  • “Os critérios para mando de campo em playoffs nacionais foram definidos em forma de rodízio pelo Comitê Gestor, de forma que haja alternância de confrontos das semifinais nacionais a cada 2 anos, e em um ciclo de 6 anos, todas as conferências tenham se enfrentado.”

Para Paulo Cesar Machado, presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal, o mando de campo significa contar com 100% dos jogadores possíveis para as partidas e também a força do torcedor do Arsenal, que sempre possui presença em peso nos espetáculos da equipe.

“Jogos em casa permitem contar com 100% do plantel de jogadores. Não há desgaste físico com longas viagens de ônibus. E contamos com um jogador extra, que é o torcedor. O clamor da torcida é capaz de motivar e impulsionar um time. E isso pode ser um fator determinante para a vitória”, afirmou Paulo Cesar, presidente comentou Paulo Cesar Machado, presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal.

Mesmo com elenco reduzido, Coyotes mira vitória

A classificação do Sinop Coyotes chegou de forma sofrida, já que o time ficou até o último jogo da conferência Centro-Oeste, dependendo de resultados para saber se estaria rebaixado para a Liga Nacional do ano que vem ou se iria aos playoffs da Brasil Futebol Americano.

A equipe de Sinop chega ao jogo deste sábado com elenco reduzido, o que pode ser um fator determinante para a dinâmica da partida no segundo tempo de jogo, já que vários jogadores terão que entrar em campo tanto no ataque quanto na defesa.

“Estamos com o elenco reduzido por conta de muitas lesões. O ano foi muito cruel com a gente, nosso estadual foi muito forte e os jogos da BFA também. Como sempre tivemos um elenco reduzido comparado aos outros times da competição, quando você perde atletas por conta de lesão, todos os jogadores saudáveis entram em campo”, afirmou Ricardo Bonadimann, presidente do Sinop Coyotes.

Mesmo com as dificuldades, Ricardo entende que os jogadores que irão para Cuiabá jogarão com garra e buscarão a vitória até o fim do jogo. O presidente ainda confirma que o plano de jogo será diferente para o Arsenal, com uma estrutura focada nos pontos positivos e negativos da equipe da casa.

“Temos nossa estratégia, nosso plano de jogo para jogar contra o Arsenal. O jogo deles é muito físico e forte. Estamos acostumados com esse tipo de jogo, mas temos que fazer diferente se quisermos ganhar deles. Vamos com tudo para fazer um bom jogo e, se não sairmos com a vitória, ao menos vamos fazer um jogo duro como foram todas as partidas contra o Arsenal até agora”, declarou Ricardo Bonadimann, presidente do Sinop Coyotes.

Serviço – Cuiabá Arsenal x Sinop Coyotes

Quando: sábado, 07/10, às 16h

Onde: Dutrinha  | Cuiabá/Mato Grosso

Quanto: R$ 20 (meia)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorQuem só vê resultado, não vê caminho
Próximo artigoFavorito, Tubarões espera um Rednecks diferente
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here