Storm enfrenta Lusa em busca de primeira vitória na BFA

0
59
Storm ainda sonha com a classificação para os playoffs da BFA. Créditos: Chiarini Junior

Neste domingo (10), Lusa Lions e São Paulo Storm entram em campo pela conferência Sudeste da Brasil Futebol Americano. O confronto é o segundo entre as equipes na temporada 2017, sendo o primeiro na semifinal da SPFL, quando os leões venceram a tempestade pelo placar de 31 a 00.

É uma questão de execução

Para o São Paulo Storm, a partida é a primeira como mandante na Brasil Futebol Americano. A equipe paulista viajou para Vila Velha e Rio de Janeiro nos dois primeiros confrontos da competição, nos quais a tempestade azul saiu sem a vitória.

Lucas Cisneiros, head coach do Storm, acredita que a questão primordial para o time conquistar seu primeiro resultado positivo na competição é execução correta das jogadas, até mesmo por conta do histórico recorrente de jogos com os leões.

 

Classificação antecipada para a savana

Os leões continuam invictos na temporada 2017 e querem se manter assim até o final de dezembro. Para a equipe, o jogo vale a classificação antecipada para a próxima fase. Para Paulo Henrique, head coach da Lusa Lions, a possibilidade de se classificar antes do final da temporada regular não muda em nada o planejamento da equipe.

“Não deve mudar absolutamente nada, ainda iremos nos preparar da melhor maneira possível para buscar a vitória na partida seguinte. Faz parte da nossa filosofia se importar apenas com o momento e agora o foco é o Storm, para depois passarmos para os próximos desafios. Nada nos garante um triunfo agora então vamos com força total para o jogo”, afirmou Paulo Henrique Martins, head coach da Lusa Lions.

Lions em vitória contra o São Paulo Storm, pela semifinal da SPFL. Créditos: Chiarini Junior

Com três vitórias, duas partidas e um W.O por conta do desligamento do Santos Tsunami da BFA, a comissão técnica aponta como ponto positivo a boa execução das jogadas e partidas sólidas, mesmo que ainda existam pontos a serem melhorados dentro de campo.

“Em ambos os jogos conseguimos jogar em um bem e executamos tecnicamente em um bom nível. Nas 3 fases tivemos partidas sólidas. Mas temos muitos detalhes a melhorar ainda, foco em redzone, situacional e diminuir os erros que causaram penalidades em campo é sem dúvida um dos nossos focos para o restante da competição”, completou Paulo Henrique Martins, head coach da Lusa Lions.

 

Serviço

Ninho do Corvo – Guarulhos/SP

Domingo – 10/09 – 14 horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here