Cruzeiro vence Corinthians e avança para os playoffs

0
80
O quarterback Álvaro Fadini foi o destaque da partida, com quatro touchdowns (dois correndo e dois passes para o wide-receiver Vitor Hugo Mega). Foto: Chiarini Jr

Mesmo com alguns desfalques, como o WR Sagat, o LB Igor Mota (lesionados) e o RB americano McCrea, o Sada Cruzeiro venceu com propriedade o Corinthians Steamrollers fora de casa. A vitória (42 a 00) garantiu os mineiros na próxima fase da Conferência Sudeste da BFA e eliminou quaisquer chances do time alvinegro de avançar na competição nacional de futebol americano.

O jogo

A defesa corintiana conseguiu, com sucesso, impedir a pontuação do Sada Cruzeiro já em sua primeira posse de bola, forçando inclusive um fumble, recuperado pelo time azul. Mas quando os alvinegros ficaram com a bola, não houve avanço e um bad snap forçou Igor Braga a tentar correr, sem sucesso. Já no campo de ataque, o Sada Cruzeiro desta vez não perdoou e chegou à endzone com uma corrida de duas jardas do quarterback Álvaro Fadini. Protássio garantiu os 7 a 0 com um chute certeiro.

Antes do fim do primeiro quarto, os mineiro ampliaram com um safety resultante de mais um bad snap para punt corintiano: Danilson parou Igor Braga na endzone – 9 a 0.

No segundo quarto, Álvaro repetiu a dose, só que em uma linda corrida de 42 jardas para touchdown. No extra-point, o Corinthians conseguiu o bloqueio que fez com que o prejuízo, por ora, fosse menor – 15 a 00 Cruzeiro. O Cruzeiro logo ampliou para 22 a 00 com a corrida do novato running back Moreno.

Antes do fim da primeira metade do jogo, o Corinthians conseguiu um bom retorno de punt com Brunão, que colocou a equipe na jarda 25 de ataque. Mas o relógio, além da forte defesa da Raposa, jogou contra os alvinegros.

O terceiro quarto foi um show da dupla formada pelo quarterback Álvaro Fadini e o wide-receiver Vitor Hugo “Mega” (ex-Corinthians Steamrollers). Com dois lindos passes completos, o Cruzeiro ampliou a vantagem para 35 a 00 (com um extra-point convertido por Protasio e uma tentativa de dois pontos frustrada). Antes do derradeiro quarto, o americano Clinton Greenaway interceptou Matheus Torres e levou a bola até a endzone: 42 a 00, com xp good de Protasio e placar final.

O último quarto, já em mercy rule, viu o Corinthians Steamrollers realizar sua melhor campanha ofensiva, liderado pelo novato running back Gustavo Martins, que recebeu dois passes em option e levou o time paulista à redzone. Sem conseguir penetrar na endzone, o alvinegro tentou tirar o zero do placar com um field goal de Emerson Martins, sem sucesso.

O que vem por aí

Para o Corinthians Steamrollers, a última partida da BFA será o clássico paulista contra o São Paulo Storm, já que o time não tem mais chance de classificação e já tem garantido o W.O. do desligado Santos; já o Cruzeiro garantiu vaga na próxima fase e joga por um melhor seed e permanecer sem derrotas no ano contra o também invicto Patriotas.

> Confira o panorama da Conf. Sudeste da BFA

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm reprise da final, Broncos derrota Lions em Manaus
Próximo artigoPLACAR FABR: 09 e 10 de Setembro
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here