Tsunami estreia, enquanto Cruzeiro busca sua terceira vitória na BFA

0
66
crédito - Foto: Alexia Faria / Santos Tsunami

Neste sábado (19) teremos a estreia do Santos Tsunami na Brasil Futebol Americano. A equipe da baixada santista entra em campo no CT Meninos da Vila, contra o Sada Cruzeiro, que está invicto na temporada 2017, vencendo Minas Locomotiva (00 a 42) e Flamengo Imperadores (26 a 07).

Estreia tardia na competição nacional

O Santos Tsunami teve agenda cheia no primeiro semestre de 2017. A equipe chegou aos playoffs da SPFL depois de conseguir duas vitórias e duas derrotas na fase regular da competição, entretanto acabou perdendo para o São Paulo Storm na primeira rodada da fase eliminatória, por 24 a 09.

Para o Head Coach do Santos Tsunami, a estreia tardia na Brasil Futebol Americano é  um fator negativo para a equipe do estado de São Paulo, que terá uma bateria de quatro jogos da temporada regular (Patriotas, Imperadores, Lions e Steamrollers) em 29 dias.

“Acredito que é mais negativo que positivo. A maioria dos times já está em uma sequência de jogos, já está em um clima de competição e estamos há um bom tempo sem jogar, apesar dos playoffs da SPFL. Atrapalha um pouco, porque o clima de competição e de jogos constantes é mais intenso e reflete nos treinamentos, mas também tem o lado positivo de termos mais tempo de preparo”, afirmou Elimar Filho, Head Coach do Santos Tsunami.

Invencibilidade não é o foco na toca da raposa

A invencibilidade do Sada Cruzeiro é um dos pilares que colocou a equipe como a oitava colocada no Power Ranking 365 do Salão Oval. O time mineiro só venceu em 2017 e, se contarmos o tempo de BH Eagles, a equipe está há mais de um ano sem saber o que é ser derrotado.

De toda forma, os números impressionantes não são uma questão que a comissão técnica gosta de focar para os atletas da equipe, pelo menos foi o que Victor Hugo “Mega’ comentou quando questionado sobre o peso da invencibilidade para os atletas dentro de campo.

“Sinceramente, não focamos na questão da invencibilidade. Daniel Levy, nosso head coach, tem trabalhado bastante com a gente sobre como minimizar os nossos erros e saber como executar o plano de jogo como um todo. Até quando vencemos nossos jogos, jogamos errado e com uma forma de que poderíamos ter otimizado nosso resultado”, afirmou Victor Hugo “Mega”, wide receiver do Sada Cruzeiro.

SERVIÇO

Santos Tsunami x Sada Cruzeiro
Data: 19/08/2017
Horário: 14h
Local: CT Meninos da Vila – Santos/SP
Ingresso: R$ 15,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here