Reptiles vence mais uma e se aproxima da classificação

0
92
Loan foi o destaque da vitória do Reptiles contra o Storm Foto: Thiago Oliveira

Neste sábado (19), Botafogo Reptiles e São Paulo Storm fizeram o nono jogo válido pela Conferência Sudeste da Brasil Futebol Americano 2017, no Estádio Ronaldo Luis Nazário de Lima, no bairro carioca de São Cristóvão. Com um time dominante do início ao fim, os donos da casa levaram a melhor por 30 a 00 e conseguiram sua terceira vitória na competição. Esta também foi a primeira vitória dos cariocas neste confronto (que registrava duas vitórias paulistas até então).

O Jogo

Mais do que um clichê, já é tradição no FABR – onde tem São Paulo Storm, tem tempo ruim (tempestade). Mas nem a chuva e nem o time paulistano foram suficientes para apagar a boa fase dos botafoguenses.

Logo em sua primeira campanha de ataque, começando das 19 jardas de seu campo, o Reptiles já se infiltrou na defesa adversária através de uma conexão de 40 jardas entre o QB Ramon Martire “Mamão” e o RB Fellipe Juncal. Após algumas jogadas curtas, a mesma dupla, agora em 15 jardas de distância, abriu o placar em São Cristóvão. Extra-point convertido por Thiago “T.White”(7×0).

Buscando seus primeiros pontos na BFA, o Storm inciou uma boa campanha, utilizando seu forte jogo corrido. Mas a 30 jardas da endzone, o WR e CB Loan Felisardo encerrou o drive paulista com sua primeira interceptação da partida. Turnover e bola do Reptiles.

Após um punt dos cariocas, a tempestade azul voltou a campo em busca da virada, mas a conclusão da campanha paulista se repetiu. Já no segundo quarto, Loan consegue mais uma interceptação, devolvendo novamente a posse de bola ao time da casa.

Antes do intervalo, o Storm ainda teve mais uma chance de anotar. Após mais uma longa campanha, que por pouco não se encerrou pelas mão de Loan, os paulistas foram para o field goal. Porém, a torcida botafoguense não estava presente à toa e, após um snap errado em uma falha de comunicação, a bola nem chegou aos pés do kicker, decretando assim o fim do primeiro tempo.

Na volta dos vestiarios, os paulistanos começaram no ataque, mas não saíram do three-and-out. Pra ampliar sua vantagem, o Reptiles concentrou suas forças no jogo terrestre. A estratégia deu certo, e o RB #Axl marcou o segundo touchdown do jogo. Na tentativa de extra-point, a bola bateu no lado de fora da trave. (13×00)

Depois de mais uma interceptação, agora com o FS Victor Lopes ”Kuririn’, os donos da casa voltaram para mais um ataque e mesmo com a forte pressão em cima de seu quarterback, Mamão passou para mais um TD, agora com o TE Paulo Abrantes. Extra-point convertido (20×00)

Já no último quarto, sem muitos avanços em seu início, o time carioca deu números finais a partida. Primeiro com mais um field goal convertido e depois com um corrida pelo meio do #23 Raphael ”Léo Moura”.

Fim de Jogo: Botafogo Reptiles 30×00 São Paulo Storm

Com 100% de aproveitamento e uma defesa invejável, o Reptiles está muito próximo de mais uma classificação para os playoffs nacionais. Mas para garantir sua passagem ainda terá pela frente dois adversários diretos pela vaga: Lusa Lions (no dia 02/09) e Tritões (no dia 30/09).

Já o Storm também terá pela frente a Lusa Lions em seu próximo confronto, ainda na última esperança de uma vaga a próxima fase, mas já com a tarefa de fugir da proximidade de um rebaixamento.

> Confira a classificação da Conferência Sudeste da BFA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here