Realidade da pandemia adia Campeonato Amazonense para março

0
7
A Arena da Amazônia, em Manaus, já foi palco das finais estaduais de 2017 e 2018, além da final da BFA Norte em 2019. Foto: Portal da Copa

A realidade colocou uma dura imposição ao polêmico início do Campeonato Amazonense 2020. A única competição estadual que ocorreria em meio à pandemia no futebol americano brasileiro neste ano acabou sendo tomada pela (não tão) surpreendente notícia do agravamento do contágio do coronavírus em Manaus.

Com isso, medidas do governo do estado do Amazonas, apesar de não afetar o esporte amador, alarmou os organizadores, que, agora, avaliam não valer a pena correr o risco, adiando o campeonato para março de 2021: “Em reunião, após a confirmação do decreto, todos os envolvidos na competição chegaram à conclusão que, mesmo o campeonato estando liberado para a sua realização, seguindo os protocolos de saúde, realização de exames prévios e cuidados extras, o atual momento é diferente de quando o campeonato foi organizado, e que o esporte deve ser um exemplo para a sociedade, evitando aglomerações e ajudando na redução de novos casos, não colocando em risco atletas, comissões técnicas, staffs, arbitragem e impressa”.

> Confira a íntegra do comunicado da Federação Amazonense de Futebol Americano

Amistoso entre Manaus FA e Galo FA agita fim de ano

O Campeonato deve acontecer em maio de 2021, mas Manaus terá um jogo neste final de ano. O Desafio dos Campeões entre os vencedores da BFA Norte (Manaus FA) e Sudeste (Galo FA) será realizado no dia 12 de dezembro. Os organizadores prometem seguir protocolos rígidos de segurança e isolamento prévio das equipes em hotéis diferentes. Com apenas um jogo, é possível reduzir os riscos de contágio e terminar o ano com um jogo do FABR, como afirmou ao Salão Oval o vice-presidente do Galo FA, Eddie Aragão.

> Saiba mais sobre o amistoso entre Manaus FA e Galo FA

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEspecial pandemia: as consequências na elite da BFA – Conferência Centro-Oeste
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here