CBFA publica protocolo de retorno a atividades; confira panorama nacional

Com reportagem de Lakita Sodré

2
224
Protocolar: apesar de já ter anunciado a orientação pela suspensão do FABR em 2020, CBFA divulga protocolo de retorno ao futebol americano Imagem: CBFA

Apesar de já ter anunciado o direcionamento para a suspensão das atividades relacionadas ao futebol americano, a Confederação Brasileira de Futebol Americano anunciou nesta quinta (6) um protocolo de retorno ao Futebol Americano, diante da pandemia provocada pelo vírus SARS-CoV-2.

Para o presidente da CBFA, Ítalo Mingoni, o Protocolo representa a cautela que o momento necessita. “Infelizmente fomos acometidos com um surto pandêmico neste ano de 2020. O coronavírus nos expôs a uma fragilidade inimaginável. Todo o esporte mundial foi afetado e não seria diferente com o futebol americano no Brasil. Fomos forçados a parar toda a máquina do FABR que estava engrenando para o crescimento ordenado e sustentável, pelo simples fato de priorizar a segurança e saúde de todos os envolvidos com a nossa modalidade. Entretanto, precisamos compreender que para voltarmos a compartilhar desses momentos, precisamos ser extremamente cautelosos. A CBFA, através da sua Comissão de Saúde, se empenhou muito no desenvolvimento deste protocolo, pois entendemos que a prática do esporte só pode ser assegurada em um ambiente seguro”.

O protocolo apresenta uma primeira parte bastante informativa sobre o panorama da pandemia e quais são os tipos de testes existentes. Depois, quais são as fases de adaptação progressiva ao retorno, seguida com dicas de nutrição; tudo assinado por uma comissão de saúde.

É importante salientar duas partes do documento: uma, que orienta às equipes a seguir os protocolos locais (deve-se observar a situação do município onde a equipe treina e realiza seus jogos) e outra, que deve ser seguida e que, na prática, torna o retorno às atividades praticamente impossível para a realidade do futebol americano atual. A saber: “É altamente desaprovada e não recomendada a realização de jogos sem a presença de vacinas ou testagem de todos os envolvidos”

> Leia na íntegra o protocolo de retomada divulgado pela CBFA

Panorama nacional sobre protocolos

Além da CBFA, muitas federações e equipes também se manifestaram oficialmente sobre uma possível, porém improvável, retomada das atividades. No Rio, a FEFARJ lançou um comunicado que aconselha às equipes a seguirem os protocolos das autoridades locais; em São Paulo, a FEPAPA, que anunciou em março a paralisação da SPFL e já realizou a sua versão de videogame do campeonato, também estuda lançar um protocolo de retomada.

No Paraná, a FPFA, assim como São Paulo, anunciou a suspensão em março, também já realizou sua versão eletrônica do campeonato e não terá nenhuma atividade oficial em 2020, segundo o presidente Jackson Bartnik.

Em Minas, a FEMFA pronunciou-se ao ser procurada pelo Salão Oval: “O Campeonato Mineiro, do primeiro semestre, está cancelado. Temos duas competições para o segundo semestre, Copa Ouro e Campeonato Mineiro de Flag, as quais avaliamos mês a mês para uma posição definitiva, mas no momento, estão suspensas. Quanto aos treinamentos, recomendamos que cada equipe siga as instruções das vigilâncias sanitárias de cada prefeitura”, esclareceu Giuliano Grotto, presidente mineiro.

No Rio Grande do Sul, o assunto ainda não foi aventado, assim como no Pará. No Cerrado, Felipe Takatsu, da FAFAC, declarou: “Nós estamos finalizando o nosso protocolo também, porém não temos previsão de retorno oficial de atividades, tanto de treino quanto jogo”.

Enquanto Santa Catarina, o presidente Ricardo Pizetta (FCFA) respondeu que as atividades estão definitivamente suspensas em 2020, o estado do Amazonas colocou um panorama onde o Campeonato Amazonense (que sem pandemia teve a edição 2019 desorganizada e sem término) deve acontecer: “No Amazonas, os números da Covid-19 e uma provável imunização de rebanho vem permitindo analisar de forma positiva a realização do Campeonato Amazonense ainda esse ano, em um formato curto, com quatro a seis semanas de competição, afim de marcar a retomada do esporte na região”, declarou Renner Silva, presidente do Manaus FA.

No Nordeste, o Caçadores está analisando o protocolo da CBFA para poder definir rumos. A equipe, no entando, em sua apresentação oficial virtual, já havia definido seguir as orientações protocolares do estado do Ceará. O mesmo caminho foi apontado pelo Recife Mariners, que deve continuar seguindo o protocolo apontado pelo estado de Pernambuco. Já o atual campeão do FABR, o João Pessoa Espectros, já está focando a retomada somente para 2021, apesar de estar atento à situação local, segundo o presidente Diego Martins.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorStorm é o campeão do Campeonato Paulista de Madden 20
Próximo artigoPresidente e vice da CBFA renunciam e precipitam novas eleições
Avatar
Editor-chefe do Salão Oval, maior plataforma de mídias destinada ao FABR, Social Media Journalist da FIVB (Federação Internacional de Vôlei) e Social Media Editor para a Premier League (Campeonato Inglês de Futebol). Realizei coberturas nacionais pelas cinco regiões do Brasil e também nos EUA (Mundial de Ohio) e Perú (1º Torneio Guerrero de Los Andes), sempre acompanhando o futebol americano nacional de perto. Narrador e comentarista para o futebol americano nacional em diversas ocasiões (BandSports, Fox Sports e Globo Esporte.com), fui também jogador da Lusa Lions (flag 2008) e do Corinthians Steamrollers (2009 a 2012).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here